Taça Rio: Flamengo vence Vasco com gol de Adriano no pênalti

De volta aos gramados, Adriano teve atuação discreta, mas marcou o gol da vitória rubro-negra

A relação de Dodô com a torcida do Vasco não vinha bem desde a derrota na final da Taça Guanabara. E deve piorar ainda mais. Isso porque, neste domingo, o camisa 10 desperdiçou duas penalidades e viu sua equipe perder o clássico da Taça Rio para o Flamengo, por 1 a 0, gol de pênalti de Adriano, outro que vinha de um período turbulento em virtude de problemas particulares.

Depois de defender a Seleção Brasileira contra a Irlanda em 2 de março, Adriano desfalcou o Flamengo contra o Resende, pela Taça Rio, e contra o Caracas, pela Copa Libertadores. Neste tempo, envolveu-se em uma confusão com a noiva, Joanna Machado, e com outros jogadores do Flamengo em um baile funk.

De volta aos gramados, Adriano teve atuação discreta, mas marcou o gol da vitória que deixa o Flamengo com 12 pontos, na liderança isolada do Grupo 1 da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Já o Vasco perde a primeira posição da chave 2 para o Botafogo, pois possui os mesmos nove pontos do time de General Severiano, mas leva desvantagem no saldo de gols.

Na próxima rodada da Taça Rio, o Vasco tentará a reabilitação contra o Olaria, no Maracanã, às 19h30 (de Brasília) de sábado. No mesmo horário, mas no dia seguinte, o Flamengo terá outro clássico pela frente: enfrenta o Botafogo no Engenhão.



O jogo

As duas equipes realizaram uma partida bem movimentada desde os primeiros minutos. Tanto que, antes dos dez minutos, cada uma das equipes já havia chegado com perigo. Vinícius Pacheco exigiu boa defesa de Fernando Prass, enquanto Rafael Carioca tentou pelo Vasco, parando nas mãos de Bruno.

O Flamengo reclamou de um pênalti de Márcio Careca em Leonardo Moura e voltou a ameaçar o gol do Vasco com Juan, que tocou na saída de Fernando Prass e viu Titi tirar em cima da linha. Em seguida, o goleiro do Vasco voltou a aparecer e impediu o gol de Vagner Love.

Contudo, quando o Flamengo pressionava, o Vasco teve uma grande chance para abrir o placar. Aos 33min, Philippe Coutinho, que realizou boa partida, foi derrubado na área por Willians e o árbitro assinalou a penalidade. Dodô cobrou mal e Bruno fez defesa.

Em má fase no Vasco, Dodô foi vaiado pela torcida vascaína depois de errar uma finalização. Mesmo com a chance desperdiçada, o time alvinegro seguiu no ataque e quase marcou com Philippe Coutinho no fim do primeiro tempo. Porém, Bruno defendeu.

Na volta para o segundo tempo, porém, o Vasco acabou castigado pelas chances perdidas. Logo aos 4min, o árbitro assinalou uma penalidade para o Flamengo, gerando revolta nos jogadores do time alvinegro. Com categoria, Adriano cobrou no canto esquerdo e, na comemoração, exibiu uma camisa com os seguintes dizeres: "Que Deus, perdoe essas pessoas ruins", em resposta aos boatos sobre os problemas pessoais do jogador.

Aos 16min, o Flamengo teve a chance para ampliar, mas a bola chutada por Juan parou no travessão. O Vasco aproveitou e partiu para o ataque, conseguindo uma nova penalidade aos 22min, quando Álvaro cortou um chute com a mão.

Jeferson, que havia entrado na vaga de Rafael Coelho, pegou a bola para cobrar a penalidade, mas Dodô pediu uma nova chance e foi atendido. O camisa 10 bateu no canto direito e novamente Bruno fez a defesa. No lance seguinte, o goleiro do Flamengo voltou a salvar a equipe ao rebater um chute de Élder Granja.

Abalado pelos dois pênaltis perdidos, o Vasco ainda tentou chegar ao ataque, mas não criou chances efetivas de gol e acabou tendo que amargar a derrota para o rival.

Fonte: Terra, www.terra.com.br