Flu empata com Bota e perde chance de liderar

Agora com 53 pontos, o time tricolor poderia ter assumido o primeiro lugar com 55 pontos caso vencesse

O Fluminense perdeu uma chance que pode não voltar a ter neste Campeonato Brasileiro. Dependendo apenas de si para reassumir a liderança da competição, o time do técnico Muricy Ramalho ficou no empate por 0 a 0 com o Botafogo, em partida no Estádio do Engenhão válida pela 30ª rodada do torneio nacional.

Agora com 53 pontos, o time tricolor poderia ter assumido o primeiro lugar com 55 pontos caso vencesse - o Cruzeiro, que segue líder, perdeu para o Grêmio e permaneceu com 54. O Botafogo, por sua vez, não foge de sua série sem vitórias e vai aos 45 pontos, ficando na oitava colocação.

Do lado botafoguense, o empate também teve sabor amargo para o uruguaio Loco Abreu. O camisa 13 comemorou 34 anos neste domingo, e contou com muito apoio da torcida nas arquibancadas. Porém, passou em branco e não pode se dar um presente.

O Fluminense começou o jogo arriscando com perigosos chutes de longe. Aos 10min, Diogo mandou o seu e parou em Jéfferson - o goleiro espalmou e a bola ainda bateu na trave, antes que o próprio Jéfferson saísse para evitar o rebote com Washington. Mais tarde, aos 22min, o camisa 1 também soltou o chute de Conca vindo da intermediária, mas apanhou a sobra nos pés de Émerson antes que se complicasse.

Mas o Botafogo também teve bons momentos, especialmente no fim da primeira etapa. Aos 41min, Lúcio Flávio recebeu a bola na esquerda e, mesmo com espaço para um arremate, rolou para Loco Abreu - o uruguaio chutou muito por cima do gol. Depois, aos 43min, Jóbson recebeu na esquerda, limpou a marcação e bateu para o gol, mas acertando a rede pelo lado de fora.

O Botafogo, porém, não aproveitou a crescente e permitiu um jogo equilibrado também no segundo tempo. Aos 2min, o time de Muricy Ramalho quase abriu o placar com Marquinho, que recebeu o passe de Washington e mandou para fora. Aos 17min, Emerson também teve boa chance, mas foi flagrado em posição irregular.

E assim como na primeira etapa, os alvinegros voltaram a crescer depois do sufoco. Aos 20min, Jóbson escapou de Diogo pela esquerda e bateu - mais uma vez para fora, mas rente à trave. Depois, aos 27min, Loco Abreu recebeu pela direita, mas teve seu chute defendido por Ricardo Berna.

O Fluminense ainda teve boas chances nos minutos finais com Conca, mas não aproveitou. Primeiro, em passe do argentino aos 42min para Júlio César, que chutou da esquerda e foi parado por Antônio Carlos. Depois, em falta próxima aos 44min, parada pela barreira e que não conseguiu evitar o 0 a 0 no Engenhão.

Visitante, o Botafogo volta agora a entrar em campo no Engenhão na 31ª rodada - desta vez, recebendo o Vitória no sábado. No domingo, o Fluminense joga fora de casa contra outro rubro-negro - no caso, o Atlético-PR, que recebe o duelo na Arena da Baixada.

Fonte: Terra, www.terra.com.br