Fluminense vai entrar em campo usando camisa de goleiro morto

Jogadores pisarão gramado do Engenhão com modelo número 1 do ex-goleiro multicampeão pelo clube, morto na última sexta-feira

Quando o Fluminense entrar em campo neste sábado para enfrentar o Vasco pela 19ª rodada do Brasileirão, a torcida não verá de cara o uniforme tricolor O time pisará no Engenhão fazendo homenagem ao ex-goleiro Félix, que morreu na última sexta-feira aos 74 anos, por conta de complicações de um enfisema pulmonar. O corpo do ídolo tricolor foi enterrado neste sábado, no Cemitério do Araçá, em São Paulo.

Os jogadores entrarão com a camisa número 1 e o nome do ídolo estampado às costas. O modelo foi confeccionado pela fornecedora de material esportivo do clube, que decretou luto oficial de sete dias e deixou todas as bandeiras na sede das Laranjeiras a meio mastro. Antes da partida, será respeitado um minuto de silêncio em homenagem ao ex-goleiro.

Tricampeão mundial em 1970 pela Seleção, na Copa do Mundo do México, Félix jogou 319 partidas pelo Fluminense. Papel, como era carinhosamente chamado devido à leveza do corpo e dos voos para defender os chutes adversários, chegou às Laranieiras em 1968, quando já tinha 30 anos. Quem pensava que a carreira estava no fim se enganou. Félix jogou no Tricolor por 10 anos e foi ulticampeão: ganhou o Campeonato Brasileiro de 1970, os Cariocas de 1969, 1971, 1973, 1975 e 1976 e a Taça Guanabara de 1975.


Flu vai entrar em campo com camisa de Félix no clássico contra o Vasco

Experiente, Félix, que teve boa passagem pela Portuguesa de Desportos antes de chegar ao Tricolor, tinha também como principal característica a forte personalidade. Frio, não se abalava com falhas. Logo em seguida, já voltava a fazer suas grandes defesas.

Pela Seleção, o ex-goleiro disputou 47 partidas. Além do tricampeonato em 1970, conquistou os títulos da Copa Rio Branco, em 1967, e da Copa Roca de 1971. Félix também está eternizado na nova Sala de Troféus do Fluminense. Sua história faz parte do painel de principais jogadores que defenderam o clube.

Fonte: Globo Esporte