Fluminense vence São Paulo por 2 a 1 no Maracanã e se afasta do rebaixamento

Fluminense vence São Paulo por 2 a 1 no Maracanã e se afasta do rebaixamento

Com a vitória, o Fluminense foi aos 42 pontos, no 14.º lugar

Na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Fluminense aproveitou chance de se distanciar da degola neste domingo. Jogando no Maracanã, a equipe do técnico Dorival Junior, que fez seu segundo jogo no comando carioca, enfrentou um São Paulo repleto de reservas e venceu por 2 a 1. Os visitantes abriram o placar com Welliton, e Jean igualou o marcador ainda no primeiro tempo. No fim, entretanto, Gum conseguiu a virada.

O resultado deixa o Fluminense com 42 pontos na 14ª colocação, a três pontos acima do Bahia, que está na zona de rebaixamento e enfrenta o Náutico fora de casa ainda neste domingo. Já o São Paulo, que não tem grandes pretensões no Brasileiro, fica em oitavo, com 50 pontos.

O time do técnico Muricy Ramalho volta a campo na quarta-feira, em jogo contra a Ponte Preta pela semifinal da Copa Sul-Americana, no Morumbi. Pelo Brasileiro, o próximo desafio é o Botafogo, em casa, no domingo, às 19h30. Já o Fluminense visita o Santos no mesmo dia, mas às 17h.

Fluminense e São Paulo fizeram um primeiro tempo bastante movimentado. A equipe carioca aproveitava as falhas do desentrosado time paulista e conseguia chegar com perigo ao ataque, mas pecava na mira. Já os visitantes sofriam com os erros de passe, principalmente com Jadson. Aos 17min, entretanto, o São Paulo acertou.

Depois de bela troca de passes no campo de ataque, João Schmidt tocou de calcanhar e Welliton venceu a marcação para arrematar ao gol. Em desvantagem, o Fluminense não abaixou a cabeça, seguiu atacando e conseguiu o empate com Jean. Aos 24min, instantes após acertar chute no travessão, o ex-são-paulino aproveitou falha do goleiro Denis para empurrar para o fundo das redes.

Os cariocas prosseguiram no campo de ataque e ficaram perto da virada aos 30min, mas o arqueiro Denis se redimiu e defendeu chute perigoso de Rafael Sóbis. O Fluminense buscava bastante o lado esquerdo do ataque por conta da presença do jovem Lucas Silva. No intervalo, Muricy buscou mudar a situação com a entrada de Mateus Caramelo no setor.

No segundo tempo, o Fluminense controlou a bola no ataque tentando chegar ao gol com troca de passes e bolas alçadas na área. A torcida mostrou-se animada com o ímpeto do time e cantava bastante no Maracanã. Para dar mais fôlego ao time, Dorival sacou Rhayner e pôs Biro Biro no jogo.

O jovem atacante passou a criar bastante perigo para o São Paulo, que tentava atacar somente em contra-ataques. Aos 27min, Lucas Evangelista buscou jogava veloz e foi derrubado por Gum. O zagueiro do Flu já tinha o amarelo, mas a arbitragem não repetiu o cartão - que resultaria em expulsão. A decisão do juiz acabou sendo fundamental no placar, já que o zagueiro apareceu bem em cobrança de escanteio e fez o gol da virada aos 43min.

Fonte: Estadão, www.estadao.com.br