Fluminense reclama de "prejuízo" à torcida

Fluminense reclama de "prejuízo" à torcida

Time também alerta para um possível aumento do número de cambistas no entorno de estádio

Em nota oficial, o Fluminense protestou nesta quarta-feira contra a decisão da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer do Rio de Janeiro de proibir a venda de bilhetes no Maracanã no dia dos jogos. Segundo a diretoria tricolor, a decisão da entidade resultará em prejuízo aos clubes e aos torcedores.

"Além dos danos financeiros acarretados pelo fechamento das bilheterias do Maracanã em dias de jogos, o Fluminense também está apreensivo em relação ao prejuízo que os torcedores que estão acostumados a adquirir seu ingresso horas antes das partidas possam sofrer", afirma o clube na nota.

"O Fluminense cumpre rigorosamente as medidas do TAC (Termo de Ajuste de Conduta) assinado junto ao Ministério Público para proporcionar à torcida tricolor, que é o maior patrimônio do clube, maior conforto na hora de adquirir seus ingressos. No nosso entendimento, a medida imposta unilateralmente pela Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer prejudica consideravelmente a estratégia montada pelo clube e os interesses de seus torcedores".

O Fluminense também alerta para um possível aumento do número de cambistas no entorno do estádio por conta da medida. "Uma outra temeridade é a ação dos cambistas nos dias de jogos no Maracanã. Numa época em que os clubes fazem de tudo para impedir esta prática criminosa, os cambistas se tornarão os grandes beneficiados com a medida tomada pela Secretaria", diz o comunicado.

Fonte: Terra, www.terra.com.br