Fluminense sofre, mas supera retranca com gol do zagueiro Anderson e segue 100%

Fluminense sofre, mas supera retranca com gol do zagueiro Anderson e segue 100%

Sem espaço para jogar pelo meio, o Fluminense insistiu muito nas jogadas aéreas

O Fluminense manteve o perfeito aproveitamento ao final do primeiro turno da fase de grupos da Copa Libertadores da América. Na noite desta quarta-feira, em partida realizada no Estádio do Engenhão, a equipe comandada pelo técnico Abel Braga sofreu, mas venceu o Zamora por 1 a 0, gol do zagueiro Anderson, e manteve os 100% de aproveitamento na competição sul-americana. O time brasileiro, de quebra, segue tranquilo na liderança do Grupo 4 do torneio continental.

Embalado, o Fluminense soma nove pontos, em apenas três jogos, e poderá avançar às oitavas de final da competição na próxima rodada. A equipe carioca possui seis pontos de vantagem em relação ao Arsenal de Sarandí, terceiro colocado da chave e que acabou derrotado segundo classificado Boca Juniors por 2 a 1, também nesta quarta-feira. O Zamora segue com apenas um ponto somado na competição.

Para avançar com duas rodadas de antecipação à etapa de mata-mata, o Fluminense precisará vencer o Zamora, em confronto agendado para o dia 29 de março, na Venezuela. Um triunfo, independentemente de qualquer outro resultado da chave, classifica o clube carioca à próxima fase da competição continental.

Retranca venezuelana para Fluminense no primeiro tempo

Abel Braga pediu paciência à torcida durante a semana em virtude do esquema previsto pelo Zamora para o compromisso desta quarta-feira. Nos primeiros minutos de partida, o treinador teve comprovada a tese de que os venezuelanos apenas se preocupariam em segurar o jogo. Retrancado, o Zamora fechou os espaços e impediu que o Fluminense exercesse uma pressão no início do confronto no Engenhão.

Sem espaço para jogar pelo meio, o Fluminense insistiu muito nas jogadas aéreas. Entretanto, somente com Fred para brigar com os zagueiros venezuelanos, a equipe das Laranjeiras não conseguiu ameaçar a meta defendida pelo goleiro Alvaro Forero. O Zamora, por outro lado, seguiu com uma postura defensiva, e sequer ousou ameaçar o time brasileiro em contra-ataques.

Pouco inspirado, o Fluminense criou as principais chances da primeira etapa na parte final. Aos 44min, Fred, depois de boa jogada de Wellington Nem, bateu firme e exigiu boa defesa de Forero. A torcida, impaciente, não aprovou os primeiros 45min dos clube das Laranjeiras.

Zagueiro marca e dá vitória ao Fluminense

A insistência nas bolas aéreas obrigou Abel Braga a modificar o Fluminense na volta do intervalo. O treinador tirou Rafael Sobis e colocou em campo o centroavante Rafael Moura, com o objetivo de ter mais um atacante de força para vencer as disputas contra a zaga adversária.

A presença de mais uma referência no setor ofensivo abriu maiores espaços no setor ofensivo, especialmente para Deco. Aos 9min, o camisa 20 descolou, de primeira, um lindo lançamento para Wellington Nem. O arisco atacante invadiu a área e bateu firme. Contudo, bem posicionado, Forero fez a defesa e evitou a abertura do marcador.

Mais organizado ofensivamente, o Fluminense conseguiu abrir o placar aos 12min. Rafael Moura fez a jogada e tocou para o meio da área. Wellington Nem fez o corta-luz e permitiu ao zagueiro Anderson chutar. O defensor pegou firme na bola e venceu o goleiro Forero, anotando o único gol do clube das Laranjeiras na partida desta quarta-feira.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE x ZAMORA

Gols:

FLUMINENSE: Anderson, aos 12min do 2º tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Leandro Euzébio, Anderson e Carlinhos (Carleto); Valencia, Diguinho e Deco (Lanzini); Wellington Nem, Rafael Sobis (Rafael Moura) e Fred.

Técnico: Abel Braga.

ZAMORA: Alvaro Forero; Moisés Galezo, Nelson Semperena, Jaime Bustamante, Dollbyz Rodríguez e Layneker Zafra; Briceño, Luis Vargas, Darío Figueroa (Zambrano) e César Alexander González (Torres); Luis Yañes (Córdoba).

Técnico: Oscar Gil.

Cartões Amarelos

ZAMORA: Alvaro Forero e Layneker Zafra

Árbitro

Patricio Polic (Chile)

Local

Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Fonte: Terra