Foi um choque o que Nelsinho Piquet fez, diz Barrichello

O brasileiro Rubens Barrichello, da Brawn GP, deu sua opinião sobre o escândalo

O brasileiro Rubens Barrichello, da Brawn GP, deu sua opinião sobre o escândalo que envolveu o compatriota Nelsinho Piquet, Flavio Briatore e a Renault. De acordo com o vice-líder do Mundial de Pilotos, o que o ex-piloto da Renault fez foi um choque e prejudicou muito a maior categoria do automobilismo.



"Foi um choque. Sempre achei que o Nelsinho não havia feito aquilo. Acho que a Fórmula 1 perde muito com isso", afirmou Barrichello, em entrevista à rádio Jovem Pan.

A Federação Internacional do Automobilismo (FIA) baniu o ex-chefe da Renault, Flavio Briatore, da Fórmula 1, ao confirmar que o italiano mandou Nelsinho Piquet bater de propósito no GP de Cingapura do ano passado. Na ocasião, o acidente beneficiou Fernando Alonso com a entrada do safety car e o espanhol acabou vencendo a prova para a Renault. Já Nelsinho ficou imune no caso por ter ajudado a FIA nas investigações.

Sobre a atual temporada, Barrichello comentou a respeito da prova deste fim de semana, também em Cingapura, onde o brasileiro pode diminuir ainda mais a diferença do líder Jenson Button. O britânico lidera o Mundial com 14 pontos de vantagem para Barrichello.

"É uma prova especial, não tenha dúvida que, por todas as expectativas, a prova será competitiva. Vamos ver na sexta e no sábado como estará o carro", afirmou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br