Fred diz que pai agiu no "calor da emoção" sobre simulação; veja

Fred diz que pai agiu no "calor da emoção" sobre simulação; veja

Pai de Fred revela que atacante fingiu dor muscular para não servir à seleção.

?Meu pai agiu no calor da emoção?. Assim Fred definiu as declarações dadas ao jornal ?Extra? por Juarez Pinheiro, sobre uma possível simulação de lesão do atacante para não servir à Seleção Brasileira no amistoso contra a Argentina, no dia 14. O jogador do Fluminense nega que a situação tenha sido verdadeira.

- Conversei com ele (o pai), e ele me passou que agiu no calor da emoção. Segundo meu pai, como o Fluminense acabara de conquistar um título que não ganhava há muito tempo e, para completar, eu havia marcado dois gols, ele se empolgou e acabou falando demais, inclusive, coisas que não condizem com a verdade - afirmou o jogador

Fred afirma em comunicado oficial em seu blog que, ?mesmo sabendo que não teria condições de jogo?, se apresentou à Seleção e foi submetido a exames clínicos e de imagem que constataram um edema na coxa direita.

- Esse fato, por si só, é uma prova de que cumpri com meu compromisso com a Seleção, que, diga-se de passagem, tenho o maior orgulho em defender ? garantiu.

No fim do post, o atacante ainda lembra a parte da entrevista em que o pai cita que ele ficou ?bravo? por ter sido reserva da Seleção durante a disputa da Copa América, na Argentina.

- Todo pai de jogador de seleção ou clube quer ver seu filho como titular. Mas o meu pai tem que entender que as coisas não funcionam assim. Tem todo um contexto e uma hierarquia que devem ser respeitados. Meu pai, inclusive, me pediu desculpas pelo deslize, pois sabe que uma situação como essa pode prejudicar minha carreira. Claro que o perdoei. Afinal, trata-se de uma das pessoas que mais amo no mundo. Contudo, o sentimento do meu pai em relação à Seleção não é o meu sentimento, definitivamente - concluiu.

Fonte: Extra, extra.globo.com