Futebol espanhol tem novo caso de racismo e torcedora pode ser banida

Futebol espanhol tem novo caso de racismo e torcedora pode ser banida

Durante o jogo, uma torcedora imitou um macaco nas arquibancadas para ofender o jogador africano.

O futebol espanhol voltou a ser palco de manifestações racistas neste domingo. Desta vez, o alvo foi o atacante marfinense Mamadou Koné, do Racing de Santander, em partida contra o Llagostera, pela segunda divisão espanhola.

Durante o jogo, uma torcedora imitou um macaco nas arquibancadas para ofender o jogador africano. Koné protestou nas redes sociais, postando uma foto da agressora e fazendo críticas à atitude.

"A respeito desta senhora, melhor não dizer nada. Ela só já se retrata" escreveu o atacante.

Pela sua conta no Twitter, o Llagostera, clube mandante, elogiou o comportamento dos demais torcedores e esclareceu que a autora das ofensas não é sócia do clube, mas será procurada para que seja proibida de entrar no estádio.

O fato ocorre semanas depois do polêmico episódio envolvendo Daniel Alves. Em partida entre Barcelona e Villarreal, um torcedor arremessou uma banana no lateral brasileiro, que reagiu comendo a fruta. Na semana passada o jogador Constant, do Milan, também foi atingido por uma banana em partida diante da Atalanta.

Fonte: UOL