Após passar três dias internado, Muricy Ramalho volta a treinar o São Paulo

Auxiliar-técnico de Muricy, Tata diz que o treinador não vê a hora de voltar a trabalhar.

Após dar um susto e ficar três dias internado com arritmia cardíaca, o técnico Muricy Ramalho voltou a treinar o São Paulo Futebol Clube nesta segunda-feira (06), o que deixa o time mais seguro para uma briga no G-4.

Muricy Ramalho foi internado no dia 25 de setembro. Deixou o hospital três dias depois e, desde então, faz repouso em sua casa. Nesse período, conversou não só com os médicos do São Paulo, mas com os cardiologistas que cuidaram dele no hospital São Luiz do Morumbi.

Auxiliar-técnico de Muricy, Tata diz que o treinador não vê a hora de voltar a trabalhar.

- Falei com ele pelo telefone todos os dias. Graças a Deus, foi só um susto. O Muricy ficou assustado, já que ele nunca teve nenhum problema cardiológico. Mas agora está tudo bem e todos aqui no clube estão ansiosos pela volta dele - afirmou.

Milton Cruz, que fez o papel de técnico enquanto o treinador esteve fora, até brincou com a volta do amigo e disse que Muricy terá muito trabalho pela frente, pois o São Paulo tem muitos desfalques para o duelo de quarta-feira.

- Agora, o problema é com ele (risos). Deixa ele pensar como vai armar. Eu só tenho de comemorar a volta dele - brincou.

Alexandre Pato disse que o grupo está muito feliz com o retorno do comandante.

- Ele fez muita falta nos treinos e nos jogos. Todos estão acostumados com o seu jeito de trabalhar e, no início, ficamos preocupados. Mas agora está tudo bem e será um prazer reencontrar com o professor Muricy - ressaltou.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Globo Esporte