Barcelona libera Neymar na Rio-2016 e veta jogador na Copa América

Para os europeus, seria impossível que o atleta disputasse as duas

O Barcelona anunciou nesta quarta-feira (20) que Neymar disputará os Jogos Olímpicos do Rio de 2016. Com isso, ele não será convocado para a Copa América Centenário, marcada para ser disputada entre os dias 3 e 26 de junho.

Como prometido pelo time espanhol, o jogador seria liberado apenas para uma das competições. Para os europeus, seria impossível que o atleta disputasse as duas. Por ser maior de 23 anos, a inscrição do atacante nos Jogos Olímpicos só poderia ser feita com a liberação da equipe catalã.

"O FC Barcelona agradece a CBF e seu presidente, Marco Polo del Nero, que aceitou a proposta que chegou ao clube para que Neymar dispute apenas os Jogos Olímpicos do Brasil em 2016. Desta maneira, Neymar Jr. fica livre de atuar na Copa América, que será disputada nos Estados Unidos", disse o comunicado no site oficial.

Inicialmente, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), se mostrou contrariada e disse que ainda contava com o jogador para as duas convocações. Depois disso, admitiu que a decisão do Barcelona será acatada. A entidade enviou, nesta quarta-feira, um documento ao clube espanhol reafirmando o compromisso em cuidar da forma física do atleta e propondo uma parceria com o Barcelona para que o atleta estivesse nas duas competições.

O plano, no entanto, fracassou. A diretoria do atual campeão do mundo teme que o excesso de jogos desgaste suas principais estrelas e provoque lesões que podem afastá-los por longos períodos. Também por isso, liberou Messi para atuar apenas na Copa América.

O argentino não estará nos Jogos Olímpicos. Caso fosse convocado para a Copa América, Neymar precisaria ser, obrigatoriamente, liberado pelo Barcelona por se tratar de data Fifa, assim como acontecerá com os jogadores europeus para a Eurocopa. Outro atleta acima de 23 anos que pode integrar o time que será comandado por Dunga deve ser Willian. O jogador foi pré-convocado por meio de um documento enviado ao Chelsea e aguarda a liberação do clube inglês para ser anunciado na competição de forma oficial.

Neymar  (Crédito: Divulgação)
Neymar (Crédito: Divulgação)


Fonte: UOL