Bayern de Munique faz 7 gols na esquadra brasileira do Shakhtar e avança

Thomas Müller foi para a cobrança e inaugurou o placar.

Depois de um movimentado empate sem gols na Ucrânia, o Shakhtar Donetsk viajou para a Alemanha com a esperança de ser a zebra das oitavas de final da Liga dos Campeões e eliminar o Bayern de Munique.

Sem chances. Em solo germânico, a equipe do técnico Pep Guardiola venceu por um expressivo resultado de 7 a 0 e carimbou sua presença na próxima fase da competição continental. É verdade que a situação do Bayern ficou bastante facilitada por conta da superioridade numérica. Logo aos 2min, Mario Gotze invadiu a área e foi derrubado por Oleksandr Kucher. A arbitragem foi rigorosa e optou por expulsar o ucraniano, deixando o Shakhtar com dez jogador.

Thomas Müller foi para a cobrança e inaugurou o placar. Curiosamente, assim como aconteceu na semifinal da Copa do Mundo, um time repleto de brasileiros levou sete gols de um alemão. O Shakhtar Donetsk entrou em campo com Fred, Luiz Adriano, Douglas Costa, Alex Teixeira e Taison, e ainda entraram depois Ilsinho e Wellington Nem. A expulsão definiu o jogo. O Bayern dominou o duelo e pôde jogar em seu ritmo, mesmo com a saída de Arjen Robben. Aos 18min, o holandês precisou ser substituído por Sebastian Rode depois de sentir dores na coxa esquerda.

O segundo gol do Bayern saiu aos 33min, com Boateng, depois de confusão na área ucraniana. Depois do intervalo, Müller, Franck Ribery e Holger Badstuber, Robert Lewandowski e Gotze ampliaram a goleada. Depois da vitória, o Bayern só precisa esperar. O sorteio que define o próximo adversário dos comandados de Guardiola acontece na próxima semana, e enquanto isso as atenções voltam ao Campeonato Alemão - que tem os bávaros como líderes com sobra, 11 pontos de diferença em relação ao segundo colocado Wolfsburg.


Fonte: Terra