Boa vence e escapa da degola; Galo terá clássico com o Cruzeiro na semi

Time de Varginha faz 2 a 0 com Gilson e Chapinha e se mantém na elite do futebol mineiro. Atlético-MG se classifica em terceiro e encara o rival na próxima fase

Com a necessidade de vencer para se manter na elite do futebol mineiro, o Boa Esporte fez aquilo que ainda não havia conseguido em quase todo o Estadual. Com muita vontade, raça e um futebol envolvente, além das boas defesas de Fernando Júnior, o time de Varginha bateu os titulares do Atlético-MG por 2 a 0, gols de Gilson e Chapinha, e escapou do descenso. A expulsão de Leandro Donizete, logo aos nove minutos da etapa final, também ajudou o Boa Esporte a se garantir na primeira divisão mineira, e fez o Galo ter de enfrentar o Cruzeiro na semifinal do Estadual.


Com os três pontos, o Boa chegou aos 11, em sétimo na tabela. Com a derrota, aliada à vitória da Caldense e o tropeço do Cruzeiro, o Galo terminou em terceiro na primeiro fase, com 22 pontos, provocando o superclássico Estadual logo nas semifinais. O primeiro jogo será no próximo fim de semana, e o rival atleticano tem vantagem no confronto.

Gol relâmpago e ótimas defesas

Com a faca no pescoço, já que uma derrota poderia colocar o time no Módulo II do Mineiro, o Boa Esporte foi com tudo para cima e abriu o placar logo aos quatro minutos. Após cobrança de escanteio, Gilson se aproveitou de falha da defesa e colocou para dentro. Em desvantagem, o Galo tentou o empate em algumas oportunidades, sobretudo com Lucas Pratto, mas o argentino esbarrou em Fernando Júnior, dono de pelo menos três grandes defesas.

Sem conseguir chegar ao empate, Levir mudou logo no intervalo e colocou Dodô na vaga de Cárdenas. Mas, a alteração não teve muito efeito, principalmente pelo fato de Leandro Donizete ter recebido o cartão vermelho direto, aos nove minutos.

Com vantagem

Com um homem a mais, o Boa Esporte chegou ao segundo gol dois minutos depois. Jemerson brincou atrás e perdeu a bola. Hiltinho fez ótima jogada e deixou com Chapinha. Com muita categoria, o camisa 10 ainda deixou Leonardo Silva no chão, antes de estufar as redes. Com 2 a 0 no placar, o time de Varginha ainda esteve mais perto do terceiro que o rival, mas não precisava, o resultado garantiu a equipe do Sul de Minas na elite.

Pior para o Galo, que, em terceiro, vai ter o arquirrival Cruzeiro logo nas semifinais e em desvantagem, já que a Raposa poderá empatar as duas vezes, ou perder e ganhar pela mesma diferença de gols, para chegar à final.

 

Fonte: Globoesporte.com