Botafogo usa tática eficaz e vence o Timão com resultado Botafogo 1 x 0 Corinthians

A tática do Botafogo deu certo, e a equipe carioca saiu na frente. Aos 25min, Gabriel tentou fazer cruzamento e a bola desviou na mão de Fábio Santos.

Em grave crise financeira, o Botafogo aproveitou a benevolência do time mais “Robin Hood” da atual edição do Campeonato Brasileiro para diminuir a crise no torneio nacional. Após vitória sobre o líder Cruzeiro em pleno Mineirão, o Corinthians visitou na noite deste sábado o então lanterna time carioca na Arena Amazônia, casa adotado pelos botafoguenses contra a dificuldade financeira, mas parou na marcação adversária e perdeu por 1 a 0. O resultado foi suficiente para tirar os mandantes da última posição.


A equipe de Mano Menezes voltou a sofrer neste sábado com a irregularidade no Campeonato Brasileiro e teve dificuldades em furar a postura defensiva botafoguense. A equipe corintiana se complica na briga pelo G-4: fica com 46 ponto, em quinto, mas os rivais diretos ainda entram em campo nesta rodada. Os cariocas, por sua vez, seguem na zona de rebaixamento, com 29 pontos em 17º lugar.

Ambos os clubes voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo fim de semana, já que no meio de semana terão duelos de volta pelas quartas da Copa do Brasil – o Corinthians tenta confirmar a classificação contra o Atlético-MG e o Botafogo busca se recuperar frente ao Santos. Já no domingo que vem, o time paulista visita o Inter às 16h (de Brasília) e os cariocas recebem o Sport às 18h30.

Embalado com duas vitórias consecutivas, uma delas sobre o líder, e franco favorito no confronto, o Corinthians, que não contou com Renato Augusto, poupado, além dos selecionáveis Gil, Elias, Lodeiro e Guerrero, mostrou postura ofensiva, dominando o Botafogo nos primeiros minutos do jogo. Logo aos 3min, Bruno Henrique acertou paulada de fora da área no travessão botafoguense. O time carioca se fechou e tentava explorar os contra-ataques.

A tática do Botafogo deu certo, e a equipe carioca saiu na frente. Aos 25min, Gabriel tentou fazer cruzamento e a bola desviou na mão de Fábio Santos. O árbitro André Luiz de Freitas Castro, para muita reclamação corintiana, considerou pênalti e Wallyson marcou na sequência. Até o intervalo, a equipe paulista seguiu melhor no confronto, mas não conseguiu criar jogadas perigosas.

Corinthians seguiu dominante na etapa final, mas o Botafogo, acuado, fechava os espaços e não dava oportunidades. A lentidão corintiana impossibilitava chances e a primeira oportunidade do segundo tempo foi botafoguense, em chute de Murilo aos 20min. A situação botafoguense se complicou aos 26min, quando o argentino Bolatti levou o segundo amarelo e foi expulso.

A primeira chance paulista no segundo tempo foi apenas aos 32min: Malcom aproveitou rebote e chutou para defesa espetacular de Helton Leite – um minuto depois foi a vez de Jadson quase marcar. Romero também teve a sua chance. Nos minutos finais, o Corinthians acumulou uma chance com Romero e duas com Gustavo Tocantins, jovem da base, mas parou no arqueiro adversário e saiu derrotado.

Fonte: Terra