CBFvai oferecer salário mensal de R$ 15mil aos presidentes das 27 federações estaduais

O presidente da entidade, José Maria Marin, confirmou em Viña del Mar, no Chile, onde participa de eventos da Conmebol, que vai sim pagar mensalmente aos presidentes das federações estaduais.

A CBF vai oferecer um salário mensal aos presidentes das 27 federações estaduais - os mesmos 27 que votam nas eleições para presidente da entidade e aprovam as prestações de contas nas assembléias da confederação. O mimo será de cerca R$ 15 mil mensais.

O presidente da entidade, José Maria Marin, confirmou em Viña del Mar, no Chile, onde participa de eventos da Conmebol, que vai sim pagar mensalmente aos presidentes das federações estaduais.

- Acho perfeitamente normal, é uma verba de representação. Os presidentes de federações têm despesas, têm viagens. Acho normal. Sobre o valor, prefiro que os presidentes (de federações) respondam a vocês.

O blog ouviu Delfim de Pádua Peixoto, presidente da Federação Catarinense de Futebol e futuro vice-presidente da CBF na gestão de Marco Polo Del Nero, que começa em abril do ano que vem.

- Eu defendo, porque não é ilegal nem imoral. Algumas federações têm muita dificuldade, e para os presidentes que trabalham, é justo que se pague essa ajuda de custo - declarou o presidente da Federação de Santa Catarina.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Globo Esporte