Com gol de Cristiano Ronaldo, Real Madrid estreia com vitória no Campeonato Espanhol

Os galácticos tiveram uma atuação sem brilho, chegaram a sofrer com os ataques do modesto Córdoba

Adversário recém-promovido, estádio lotado, reforços em campo. O cenário para a estreia do Real Madrid no Campeonato Espanhol era favorável para uma exibição de gala dos merengues, mas não foi o que aconteceu.

Os galácticos tiveram uma atuação sem brilho, chegaram a sofrer com os ataques do modesto Córdoba, mas fizeram o bastante para garantir a vitória por 2 a 0, gols de Benzema e Cristiano Ronaldo. O craque português, aliás, foi o retrato da equipe na partida. Apagado durante boa parte do jogo, o atacante pouco foi acionado, não levou muito perigo, mas novamente foi decisivo. Num lance isolado, já no fim da partida, acertou um belo chute de fora da área para confirmar a vitória merengue.

Do outro lado, as novidades Kroos e James Rodríguez estiveram bem. O alemão foi o maestro da equipe em campo, enquanto o colombiano, atuando mais à frente, buscou bastante o jogo com os companheiros, embora sem grandes momentos individuais. Na próxima rodada, o Real Madrid vai a San Sebastián enfrentar a Real Sociedad, no domingo, no estádio Anoeta. Já o Córdoba recebe o Celta no sábado. Longe da primeira divisão por 42 anos, o Córdoba tentou surpreender o Real Madrid no início, imprimindo um jogo veloz. Ainda em ritmo lento, o time merengue demorou para ajustar a marcação e permitiu algumas investidas dos visitantes nos minutos iniciais. Mas, aos poucos, assumiu o controle do jogo. O domínio merengue veio a partir de Toni Kroos. Homem mais recuado do meio de campo merengue, o alemão iniciava grande parte das jogadas da equipe e ainda aparecia à frente para arriscar de fora da área. Na frente, porém, Bale e Cristiano Ronaldo pouco ajudavam: o galês corria bastante, mas sem muita produtividade, e o português parecia desligado.

Ainda assim, a imensa superioridade técnica do Real Madrid foi determinante. Depois de se estabelecer de vez no campo de ataque, o time abriu o placar aos 29 minutos: Kroos cobrou escanteio da direita, e Benzema subiu livre para cabecear com força, sem chance para Juan Carlos. A exemplo do primeiro tempo, o Córdoba apostou na correria no começo da etapa final. O meia argentino Cartabia, arisco e veloz, substituiu Pinillos e melhorou a produção ofensiva dos visitantes. Foram duas boas chances antes dos cinco minutos, num chute de Ryder Matos defendido por Casillas e num cruzamento para Havenaar que o holandês não conseguiu completar. Desatento, o Real Madrid parecia com preguiça de jogar. Normalmente calmo, Ancelotti teve que ir à linha de fundo para dar uma bronca em seus comandados, mas não melhorou muita coisa.

Os merengues criaram pouco, passaram a tocar a bola no meio de campo e viram o Córdoba ameaçar em ataques velozes, principalmente pela esquerda. Aos 25 minutos, Xisco teve gol anulado corretamente por impedimento, e, aos 29, Pantic perdeu boa chance dentro da área após escanteio. Incapaz de conseguir o empate, o Córdoba foi castigado no fim. Aos 45 minutos, Cristiano Ronaldo, pouco participativo até então, aproveitou uma saída errada do adversário e soltou uma bomba de fora da área para definir o placar e confirmar a vitória do Real Madrid.

 

 


Fonte: Globo Esporte