Com gol de Diego Tardelli, Atlético-MG bate o Inter e fica próximo do G4

Com gol de Diego Tardelli, Atlético-MG bate o Inter e fica próximo do G4

. Com o resultado, o Atlético-MG assume a sexta posição, com 26 pontos, e fica apenas três de distância da zona de classificação para a Copa Libertadores

Mais efetivo em campo, o Atlético-MG aproveitou suas poucas oportunidades para superar o Inter, neste sábado, no Independência, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Depois de ver Rafael Moura desperdiçar duas claras chances de gol para o clube gaúcho, a equipe mineira aproveitou um contra-ataque e matou a partida.

Diego Tardelli, recém-convocado para a Seleção Brasileira, fez o gol da vitória dos donos da casa. Com o resultado, o Atlético-MG assume a sexta posição, com 26 pontos, e fica apenas três de distância da zona de classificação para a Copa Libertadores. Já o Inter perde a chance de encostar e pressionar o Cruzeiro na ponta da tabela.

Os gaúchos continuam em segundo, com 31 pontos, mas podem cair e terminar a rodada na quarta posição. O destaque negativo ficou por conta do meia Andrés D'Alessandro. Nervoso em campo, o argentino tomou seu terceiro cartão amarelo ainda no primeiro tempo e desfalcará o Inter na próxima partida. O meia também sentiu dores no vestiário e acabou não voltando para a etapa final, sendo substituído por Alex. Na próxima rodada, o Internacional visita o Palmeiras, sábado (30), no Pacaembu. Já o Atlético-MG encara o Coritiba, domingo (31), no Couto Pereira, no Paraná. Atlético-MG e Internacional fizeram um primeiro tempo muito estudado no Independência e sem muitas chances de gol.

A primeira veio aos 10min, em uma jogada de bola parada. Dátolo cobrou escanteio fechado, André desviou e Leonardo Silva quase abriu o placar. Aos 15min, veio o troco do Inter. Fabrício arrancou pela esquerda e Léo Silva desviou para escanteio, quase anotando um tento contra seu próprio gol. A melhor oportunidade saiu já no fim da etapa inicial. Aos 42min, o volante Wellington finalizou de fora da área e Victor salvou os donos da casa, espalmando para escanteio. Na volta do intervalo, o Atlético-MG retornou melhor, mantendo a posse de bola e procurando espaço na zaga gaúcha. Porém, sofreu com a falta de criatividade dos meias de ligação e viu o Inter criar as melhores oportunidades. Aos 8min, Rafael Moura recebeu na grande área, tirou o zagueiro do lance e bateu.

Victor cresceu na frente do atacante e fez boa defesa. Os donos da casa continuaram rondando a área dos visitantes e conseguiram penetrar aos 17min. Tardelli arrancou em velocidade, invadiu a área com liberdade e tocou na saída de Dida. O chute, porém, foi sem direção e acabou saindo pela linha de fundo. Queria o destino que Rafael Moura abrisse o placar, mas faltou competência para o atacante titular do clube gaúcho. Aos 20min, Cláudio Winck cruzou da direita e Victor não segurou. A bola acabou nos pés do camisa 11, que teve tempo de dominar, tirar do goleiro e, completamente livre, sem ninguém pela frente, acertou a trave, levando os torcedores ao desespero. Aos 37min, o ditado "quem não faz, toma" se fez presente no Independência. Diego Tardelli recebeu de Luan na grande área. chutou cruzado, sem chances para Dida, e deu números finais ao marcador.

FICHA TÉCNICA ATLÉTICO-MG 1 x 0 INTERNACIONAL

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data: 23 de agosto de 2014, sábado Horário: 18h30 (de Brasília)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Rogério Pablos Zanardo (SP)

Cartões amarelos: Luan, Dátolo e Diego Tardelli (Atlético-MG); D’Alessandro e Wellington (Internacional)

Gol: Diego Tardelli, aos 36 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Victor; Alex Silva, Jemerson, Leonardo Silva e Pedro Botelho; Rafael Carioca (Jô), Josué, Maicosuel (Luan) e Dátolo; André (Marion) e Diego Tardelli Técnico: Levir Culpi

INTERNACIONAL: Dida; Wellington Silva (Cláudio Winck), Ernando, Juan e Fabrício; Ygor, Wellington, Aránguiz, Valdívia (Otávio) e D’Alessandro (Alex); Rafael Moura Técnico: Abel Braga

Fonte: Terra