Com mistão, São Paulo bate o Marília sem sustos e se aproxima das quartas

Muricy poupa titulares e improvisa jogadores, mas time não dá chance para a pior equipe do estadual. Classificação à próxima fase pode vir quarta, contra o Palmeiras

O São Paulo, mesmo jogando com um time misto e com jogadores improvisados, não teve nenhum trabalho com o Marília. A vitória fácil, sem sustos, foi encaminhada antes da metade do primeiro tempo, quando saíram os gols Ewerton e Alan Kardec. Depois, foi só controlar a partida e ampliar com mais um de Kardec, autor do gol que sacramentou a vitória por 3 a 0 no Morumbi.


Foi a primeira vez no ano que o time conseguiu sequência de quatro vitórias. Antes de bater o Marília, venceu o São Bento (1 a 0), Ponte Preta (2 a 1) e o San Lorenzo (1 a 0). Esse último pela Taça Libertadores da América.

Destaque para dois jogadores formados na base do São Paulo: Ewandro e Boschilia. O primeiro fez gol, e o segundo participou diretamente dos dois gols do time do Morumbi.

O Tricolor ainda não se classificou para as quartas de final, mas está muito perto. Com a vitória deste domingo, foi aos 26 pontos, na liderança do Grupo 1, e abriu 11 do RB Brasil, o terceiro colocado – o Mogi Mirim é o segundo, com 17. O Marília mantém a lanterna do torneio, com apenas dois pontos conquistados.

O jogo

Muricy Ramalho teve ótima oportunidade para testar jogadores da base do São Paulo e outros reservas no duelo desta tarde com o Marília. Logo de cara, o técnico do Tricolor viu a garotada de Cotia brilhar. Ewandro abriu o placar aos 12 minutos, e três minutos depois Alan Kardec, após passe de Boschilia, fez o segundo. O time do interior não deu sequer um chute a gol.

No segundo tempo, o São Paulo continuou soberano na partida. Tanto que a primeira chance do Marília no jogo saiu em chute aos 13 minutos. Demorou! Melhor em campo e cadenciando a bola, o Tricolor chegou ao terceiro gol em mais uma ação de um garoto da base que terminou em gol de Alan Kardec. Ewandro desarmou adversário na direita e rolou para o atacante marcar.

Sem qualquer dificuldade, o Tricolor, então, chegou pela primeira vez a quatro vitórias seguidas em 2015 e se aproximou da classificação às quartas de final do Paulistão.

 

Fonte: Globoesporte.com