Corinthians cede empate ao Santos, mas garante liderança do Campeonato Paulista

Felipe e Ricardo Oliveira anotaram os gols do empate por 1 a 1 que faz o time paulistano avançar às quartas de final do Estadual na primeira posição geral

Poderia ter sido melhor (com a confirmação do mando de campo até uma possível final), mas foi suficiente: depois de sair na frente no primeiro tempo, o Corinthians cedeu empate por 1 a 1 ao Santos, neste domingo, em Itaquera, e garantiu a liderança geral do Campeonato Paulista mesmo com uma rodada por jogar. Com 38 pontos, o time comandado por Tite não pode mais ser alcançado por ninguém, mas, por outro lado, ainda não conquistou o direito de ter o mando de campo em todos os mata-matas do Estadual (já que os pontos de quartas e semifinais se somarão aos da primeira fase, e o Corinthians ainda pode ser superado).



Corinthians e Santos entraram em campo com o que de melhor tinham à disposição neste domingo, em Itaquera. Tite, por exemplo, escalou o mesmo time que massacrou o Danubio na última quarta-feira . E o resultado apareceu dentro de campo. Apesar da astúcia e coragem santista, que chegou a assustar o gol de Cássio em algumas ocasiões, a equipe corintiana foi melhor na partida. Se o goleiro Vladimir não estivesse em uma tarde inspirada, a vitória poderia ter sido garantida antes do intervalo. Foi perto dele, aliás, que Felipe abriu o placar para os mandantes de cabeça.

No segundo tempo, contudo, o Corinthians colocou o pé no freio e diminuiu o ritmo. Percebendo a queda do desempenho rival, o Santos passou a atacar com mais jogadores e foi recompensado: empatou com Ricardo Oliveira aos 12min e até teve chances para virar. O time da casa parecia cansado, incapaz de manter o ritmo alucinante da primeira etapa e das outras partidas. Assim, teve de demonstrar humildade suficiente para se fechar nos minutos finais e garantir o 1 a 1. Os últimos minutos do jogo, por sinal, ficaram marcados por desentendimentos do santista Guevânio com Ralf e Emerson Sheik.

O empate fez o Corinthians chegar aos 36 pontos e o garantiu na linderança geral da primeira fase do Campeonato Paulista - apesar de ainda não ser suficiente para lhe dar a vantagem do mando de campo até uma possível final. Por sua vez, a igualdade alçou o Santos aos 31 pontos e o fez desgarrar do Palmeiras na luta pela segunda colocação dentre os 20 clubes do Estadual. Na próxima rodada, quarta-feira, às 22h (de Brasília), os comandados por Tite pegam o XV de Piracicaba, fora de casa. Por sua vez, o Santos recebe o Rio Claro, na Vila Belmiro.

 

Fonte: TERRA