Corinthians completa 1 mês sem sentir o sabor da vitória

São só quatro partidas com quatro empates no período

São só quatro partidas com quatro empates no período, o último deles no domingo contra o Grêmio. Mas a verdade é que o Corinthians completará, antes de visitar o Vitória no próximo domingo, um mês sem sentir o sabor da vitória. Para Tite, após as eliminações no Paulistão e na Copa Libertadores, o período que se abre será de mudanças dentro do elenco e do time titular.

"Se tratando de Corinthians temos que vencer sempre. Por outro lado pegamos equipes de qualidade, tivemos três empates em casa. o Nacional é muito rápido, o Grêmio é muito técnico, mas fizemos bons jogos. Não perder é importante", disse Giovanni Augusto.

"Esses ajustes e esse processo que fazemos é de ajustar setores, ajustar engrenagem, para que a equipe possa produzir. (...) Um pouquinho de credibilidade num técnico que nos últimos quatro anos ganhou dois. Eu tenho um pouco de carinho, respeito ao torcedor, para pedir: não faça o que fez com o Rodrigo, com o André (vaiados). Eu sei que daqui a pouco eu posso não ser o técnico ideal para bastante gente, só tenho é que passar critérios, ideias...", afirmou Tite. A semana que se inicia será a última com praticamente todo o elenco à disposição, já que o volante Elias e o zagueiro Balbuena viram desfalques para a Copa América.

O Corinthians tem de fora o também defensor Yago, suspenso por doping e que aguarda data de julgamento. A expectativa do clube é de que ele possa ser absolvido e ficar à disposição já nos próximos dias. Marquinhos Gabriel, segundo indicou Tite, deve ganhar sequência de jogo.

O meia é um pedido expresso do treinador à diretoria, estreou com gol na eliminação para o Nacional-URU e fez boa partida como titular contra o Grêmio. "Há uma busca criteriosa de dar uma sequência de jogos para que o jogador se mostre. Por exemplo ao Marquinhos que foi muito bem no jogo e dar uma continuidade".

Nesse contexto, Romero, que tomou vaga de Lucca, deve ter mais algumas partidas para jogar. Reforço para 2016 que mais agrada até aqui, Giovanni Augusto deve então passar a disputar outras posições. Há a chance de atuar no centro, justamente na vaga de Elias, ou mesmo pelo lado esquerdo, como ocorreu diante do Grêmio, no segundo tempo. Outro jogador que pode ser utilizado em breve é Cristian, já que Bruno Henrique tem dificuldades em se afirmar na vaga de Ralf em 2016. André é hoje o mais contestado no time titular.

Tite gesticula durante a partida contra o Grêmio (Crédito: Folhapress)
Tite gesticula durante a partida contra o Grêmio (Crédito: Folhapress)


Fonte: UOL