Cruzeiro perde para Huracán por 3 a 1 e terá 'decisão' contra Sucre no Mineirão

Daqui uma semana, o time celeste, que caiu para segundo, terá decisão no Mineirão contra o Universitario de Sucre

O Cruzeiro era, até está terça-feira, o único time que não havia sofrido gols na Libertadores 2015. Era. Na Argentina, a equipe mineira sofreu logo três de uma vez na derrota por 3 a 1 para o Huracán e viu sua situação no Grupo 3 da competição internacional se complicar.

Daqui uma semana, o time celeste, que caiu para segundo, terá decisão no Mineirão contra o Universitario de Sucre e só a vitória interessa para a classificação sem depender de ninguém. A equipe brasileira foi para o duelo desgastada pelo jogo contra o Atlético-MG, na tarde do último domingo, pelo duelo de ida da semifinal do Campeonato Mineiro.

Na próxima semana, os cruzeirenses podem sofrer do mesmo problema, já que o duelo de volta foi marcado para o domingo, para a revolta do lado celeste. Até que os brasileiros começaram a partida equilibrados e sem temer a pressão da torcida local. No entanto, a situação começou a fugir do planejado ainda no início do primeiro tempo, quando Ábila, impedido, abriu o placar para os donos da casa. Aproveitando-se de noite infeliz do zagueiro Paulo André, os argentinos ainda aumentaram com o mesmo jogador pouco depois.

O Cruzeiro buscava o gol com De Arrascaeta, mas esbarrava na marcação adversária. O segundo tempo contou com Huracán com calma, mas o jogo esquentou quando Leandro Damião sofreu pênalti claro ainda antes dos 15 minutos, cobrado e marcado por ele mesmo. Dois minutos depois, no entanto, o time argentino ampliou em nova falha da defesa cruzeirense e diminuiu o ímpeto do adversário. Com a vitória do Universitário de Sucre por 2 a 0 sobre o Mineros de Guayana, o Cruzeiro caiu para a segunda colocação, com oito pontos. O líder é o time de Sucre, com nove, e o Huracán esquentou a briga, agora com sete pontos – Mineros tem apenas um. A decisão ficará para as 20h30 (de Brasília) da próxima terça com Mineros x Huracán e Cruzeiro x Sucre.


Fonte: Terra