Cruzeiro vence Fluminense por 2 x 1 e se despede do torneio com recorde de pontos

Nilton e Marcelo Moreno, este último com um golaço, balançaram as redes, enquanto Fred descontou.

O campeão brasileiro Cruzeiro encerrou o torneio de 2014 da melhor maneira possível. Na despedida da temporada diante de sua torcida, no Mineirão, a equipe celeste venceu o Fluminense por 2 a 1 e bateu o recorde de pontuação do Brasileiro de pontos corridos com 20 clubes, que pertencia ao São Paulo desde 2006. Nilton e Marcelo Moreno, este último com um golaço, balançaram as redes, enquanto Fred descontou.


Com o triunfo, os cruzeirenses chegaram a 80 pontos, superando os 78 do São Paulo no Brasileiro de 2006. Foi mais uma marca importante para um time que há dois anos domina a principal competição do futebol nacional. Já o Fluminense encerrou o campeonato na sexta colocação, com 61 pontos.

Desde o início, o Cruzeiro foi bem superior ao Flu. Antes da metade do primeiro tempo, Ricardo Goulart teve duas oportunidades para abrir o placar, mas parou em Diego Cavalieri. Lucas Silva também teve chance em chute de fora da área, mas mandou por cima do gol.

A superioridade, entretanto, não teve resultado na etapa inicial. E quem saiu na frente foi o Fluminense. Após lindo chute de fora da área de Wagner, Fred pegou o rebote e foi mais rápido do que a defesa adversária para abrir o placar, aos 33min. Aos 45, porém, Nilton subiu mais alto que todo mundo e empatou de cabeça.

Na etapa final, o Fluminense voltou visivelmente abalado com o gol sofrido no fim do primeiro tempo, e o Cruzeiro se aproveitou. Após desperdiçar novamente algumas oportunidades, mas manter a superioridade, Marcelo Moreno marcou um lindo gol de voleio, coroando o bom campeonato.

Daí até o fim, a equipe mineira apenas administrou o resultado e o Fluminense não conseguiu levar qualquer perigo. Aliás, se o placar tivesse de ser mudado, seria por parte do Cruzeiro, que teve mais chances no ataque. No fim, gritos de tetracampeão e festa no Mineirão, com o time enfim recebendo o troféu do Brasileiro.

Fonte: Terra