Em jogo disputadíssimo, Atlético Mineiro vence a Chapecoense e se aproxima do Cruzeiro

Em jogo disputadíssimo, Atlético Mineiro vence a Chapecoense e se aproxima do Cruzeiro

Se não é dramático, não é do Atlético-MG. A máxima se faz valer a cada jogo do time comandado pelo técnico Levir Culpi, como no meio de semana com o Corinthians, que valeu vaga nas semifinais da Copa do Brasil. E foi assim na difícil vitória sobre a Chapecoense, por 1 a 0, na noite deste sábado, no Independência. O triunfo conquistado pelo Galo com gol do lateral Douglas Santos manteve o time alvinegro no G-4, pôs fim ao jejum de ainda não ter vencido catarinenses neste Campeonato Brasileiro e fez a diferença para o líder Cruzeiro, que joga neste domingo com o Vitória, diminuir para seis pontos.


 

Em mais uma noite iluminada do atacante Guilherme, que havia sido o herói atleticano na goleada por 4 a 1 sobre o Corinthians, o Atlético-MG fez valer o poder do caldeirão do Horto, que recebeu mais de 20 mil torcedores. Mas a Chapecoense vendeu caro a derrota. Pressionou, especialmente no fim do jogo, em busca do empate e mostrou que tem futebol para permanecer na Série A em 2015.

O Galo não terá muito tempo para descansar. Na próxima terça-feira encara o Bahia, na Arena Fonte Nova, às 21h50 (de Brasília), em Salvador. A Chapecoense volta a jogar na quarta: recebe o São Paulo às 22h, na Arena Condá, em Chapecó.

Curta o Portal Meio Norte nas redes sociais

 

Fonte: Globo Esportes