Em jogo feio, Corinthians segura Coritiba e empata sem gols

Em jogo feio, Corinthians segura Coritiba e empata sem gols

Coritiba e Corinthians se enfrentaram no Couto Pereira, em Curitiba, na tarde deste sábado, e figuraram o único 0 a 0 entre os jogos da 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de noventa minutos muito disputados, com o time paulista jogando com um a menos boa parte do segundo tempo, após expulsão de Fagner, os dois times não conseguiram balançar as redes. O resultado deixou o Corinthians ainda em segundo lugar, com 24 pontos e cinco atrás do líder Cruzeiro, mas podendo perder a posição para o Fluminense, que tem 22 pontos e ainda enfrenta o Goiás. Já o Coritiba segue na zona de rebaixamento, na 17ª posição, com 11 pontos.

O fato inusitado ocorreu antes mesmo de a bola rolar: o uruguaio Lodeiro, que pela primeira vez iria ficar à disposição de Mano Menezes, cortou o pé em um acidente com uma saboneteira, ainda no hotel, e ficou de fora dos relacionados. O jogador levou três pontos e virou dúvida também para o jogo da Copa do Brasil no meio de semana, contra o Bahia. A partida começou bastante movimentada em Curitiba, e antes dos cinco minutos Alex teve duas chances de marcar.

O capitão do Coritiba, que já marcou 11 vezes contra o time paulista, exigiu boa defesa de Cássio em cobrança de falta, e no lance seguinte tentou encobrir o goleiro corintiano, mas o juiz assinalou posição de impedimento. Aos 18min, foi a vez de Norberto arriscar de fora da área.A primeira chance do Corinthians também veio em chute de fora da área, com Petros, que Vanderlei espalmou e afastou o perigo. Aos 34min Romarinho, que substitui o peruano Guerreiro, recebeu lançamento e, em disputa com o goleiro, se jogou na área, mas Leandro Vuaden não marcou o pênalti. Truncado, o primeiro tempo teve poucas chances reais de gols para as duas equipes e muitas faltas, com três cartões amarelos: Zé Love e Fagner trocaram empurrões e o árbitro puniu ambos; Ángel Romero também havia recebido aos 11min, após atrapalhar Vanderlei na reposição de bola. Quase no fim, Jadson, que retornou ao time após cumprir suspensão no clássico com o Palmeiras, cobrou falta com capricho, e o camisa 1 do Coritiba se esticou para tirar a bola.

Na cobrança de escanteio seguinte, o Corinthians assustou novamente, mas o primeiro tempo acabou sem gols. Os dois times retornaram do intervalo sem alterações, e o jogo permaneceu muito pegado. Aos 18min Alex recebeu amarelo por falta em Ralf, e no minuto seguinte Fagner se envolveu em outro lance com Zé Love e levou seu segundo cartão, deixando o Corinthians com um a menos. Para repor a lateral-direita, Mano Menezes, que já havia colocado Renato Augusto no lugar de Romero, sacou Jadson para a entrada de Guilherme Andrade. Já o técnico do Coritiba apostou em Geraldo para o lugar de Germano, pressionando o time paulista.

Outra troca no sistema ofensivo ocorreu logo na sequência: com dores na coxa, Zé Love saiu para a entrada de Keirrison. Os atacantes, porém, não corresponderam. A melhor oportunidade ocorreu em cruzamento de Reginaldo, que Helder tentou cabeçear, mas foi marcada posição de impedimento. Sem gols, o jogo teve tempo para mais um cartão amarelo: Luccas Claro, após falta dura em Petros. Pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Coritiba vai ao Rio de Janeiro enfrentar o Fluminense no sábado, às 21h (de Brasília), enquanto o Corinthians volta a campo no domingo, às 16h (de Brasília) para o clássico contra o Santos, na Vila Belmiro.

Fonte: Terra