Fortaleza vence o River por 2 a 0 e lidera o grupo D da Copa do Nordeste

O Galo Carijó perdia seu principal homem de criação, uma ausência que seria sentida ao longo de todo o jogo


O River foi à capital cearense com o objetivo de trazer pelo menos um ponto na bagagem. Parecia que ia dar certo até os 45 minutos do segundo tempo, mas o Fortaleza construiu o placar de 2 a 0 nos acréscimos, em jogo válido pela quarta rodada do grupo D da Copa do Nordeste, na Arena Castelão.

Agora, o Leão do Pici é o líder isolado da chave (8 pontos), enquanto o River permanece com cinco pontos. Logo antes dos cinco minutos o River teve sua primeira baixa. Júnior Xuxa sentiu uma torção no tornozelo direito e precisou sair para a entrada de Luís Augusto.

O Galo Carijó perdia seu principal homem de criação, uma ausência que seria sentida ao longo de todo o jogo. O Fortaleza começou a aparecer com muito perigo depois dos 12 minutos, e mais uma vez o goleiro Naylson brilhou - inclusive defendendo uma cabeçada à queima roupa de Lúcio Maranhão. o Leão pressionava e continuava chegando bem, tanto com Daniel Sobralense quanto com Lúcio Maranhão. Sem saída de bola, o time riverino se segurava como podia e via os donos da casa chegarem com mais facilidade.

Usando as bolas aéreas, o Fortaleza seguiu O Leão começou o segundo tempo partindo para cima. Mas o River também começou a aparecer um pouco mais. Aos 12 Tote emendou belo chute da direita, a bola desviou na zaga e depois em Deola. Em meio à pressão do Leão e buscando dar mais movimentação ao ataque tricolor, Flávio Araújo mandou Lucas Bacelar para o lugar de Warley. Pouco depois Thiago Marabá entrou na vaga de Esquerdinha.

As mudanças fizeram o River melhorar no jogo. Mas o Fortaleza continuava perigoso. E assim como no primeiro tempo, Naylson foi decisivo na etapa complementar, defendendo uma perigosa cabeçada de Everton na marca dos 30 minutos. O River segurou as pontas até os 45 minutos, quando Daniel Sobralense pegou sobra de vola na área e encheu o pé para marcar o primeiro dos donos da casa. Dois minutos depois Tinga ampliou depois de passe de Correa, mas a arbitragem assinalou (erradamente) posição de impedimento. Mas o segundo gol saiu pouco depois, aos 48, com Lúcio Maranhão, em lance de velocidade. Final: Fortaleza 2, River 0.








Fonte: Dowglas Lima