Goiás inicia 'mini-maratona' em casa com vitória sobre Coritiba, por 3 X 0

O zagueiro Jackson, o volante David e o atacante Erik, nesta ordem, foram os responsáveis pelo triunfo esmeraldino.

O Goiás levou a melhor no primeiro dos três confrontos que terá em sequência no Serra Dourada. Eficiente nos ataques, o time contou com ótima atuação do goleiro Renan para superar o Coritiba por 3 a 0 no início da noite deste sábado, em duelo válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O zagueiro Jackson, o volante David e o atacante Erik, nesta ordem, foram os responsáveis pelo triunfo esmeraldino.


Com o resultado, o Goiás chega aos 37 pontos e assume, pelo menos por enquanto, a nona colocação da tabela. Já o Coritiba – que segue sem pontuar como visitante desde julho – estaciona nos 29 pontos e pode até terminar esta rodada na lanterna caso Vitória e Criciúma vençam seus jogos neste domingo.

Fases do jogo: De nada adiantou a superioridade do Coritiba nos primeiros minutos da partida. Bem postado na defesa e com rápida saída para o ataque, o time paranaense segurou os anfitriões e chegou com muito perigo aos 7min, em jogada individual de Norberto, que exigiu ótima defesa de Renan. Porém, logo depois, em um vacilo da defesa do Coxa, o Goiás abriu o placar. David cobrou falta da intermediária, Jackson dominou e chutou cruzado para ótima defesa de Vanderlei. No rebote, porém, o mesmo Jackson ficou com a bola e, desta vez, mandou para as redes. 1 a 0.

E aos 24min, a mesma cena pareceu se repetir. Ataque do Coritiba, e resposta com gol do Goiás. Novamente pela direita, com jogada iniciada por Norberto, o time de Marquinhos Santos chegou com muito perigo e dessa vez Renan precisou fazer duas defesas, a primeira espetacular, para evitar o gol de Alex. A resposta veio no contra-ataque. Erik avançou com velocidade pelo meio e tocou para David, que finalizou de canhota no canto direito de Vanderlei. 2 a 0, e mais nada de criativo até o intervalo.

Na tentativa de melhorar a equipe, Marquinhos Santos colocou Keirrison e Élber em campo já no intervalo, nas vagas de Martinuccio e Baraka. Não adiantou. Quem voltou a marcar, mais uma vez em contra-ataque, foi o Goiás, que praticamente definiu a partida já aos 7min. Thiago Mendes recebeu belo lançamento, avançou pela direita e cruzou na medida para Erik, que foi mais rápido que o zagueiro e conseguiu desviar para as redes. 3 a 0, placar final.

O melhor: Renan. Foi decisivo, especialmente no primeiro tempo. Fez três ótimas defesas e evitou que o Coritiba saísse atrás no placar.

O pior: Martinuccio. Errou muito e criou pouco. Foi substituído no intervalo por Keirrison, que também não convenceu.

Chave do jogo: Eficiência. O Coritiba terminou o jogo com mais finalizações que o Goiás. O time esmeraldino, porém, foi fatal quando teve oportunidades, ao contrário do time paranaense, que não conseguiu superar o inspirado Renan.

Para lembrar: Crianças... Os jogadores do Goiás comemoram os gols com a tradicional roda de Ciranda-cirandinha. Uma homenagem ao Dia das Crianças, que acontece neste domingo.

Escapou! O sistema de irrigação foi acionado durante o primeiro tempo da partida. O assistente e o lateral-esquerdo Léo Veloso foram alvos do 'banho'. Nada mau para um dia de calor desses.

Pausa para Sul-Americana. O Goiás agora esquece o Campeonato Brasileiro e volta a concentrar suas atenções na Copa Sul-Americana, torneio pelo qual enfrenta o Emelec na próxima quarta-feira, no jogo de volta das oitavas de final. Na ida, o time equatoriano levou a melhor e venceu por 1 a 0.

Fora do Serra? Vale lembrar que o jogo deste sábado pode ter sido um dos últimos do Goiás no Serra Dourada neste Brasileiro. Isso porque o clube foi denunciado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta da briga ocorrida entre torcedores, em partida contra o Figueirense, no último dia 9, e assim corre o risco de perder o mando de até dez jogos, além de multas.

GOIÁS 3 X 0 CORITIBA

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 11/10/2014 (sábado)

Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra

Assistentes: Carlos Nogueira e Anderson José de Coelho

Cartões amarelos: Jackson, Erik, Samuel (Goiás); Leandro Almeida, Gil

Gols: Jackson, aos 9min, David, aos 24min do primeiro tempo; Erik, aos 7min do segundo tempo

GOIÁS

Renan; Tiago Real, Pedro Henrique, Jackson e Léo Veloso; Amaral, David (Felipe Macedo), Thiago Mendes e Esquerdinha (Ramon); Erik (Bruno Mineiro) e Samuel

Técnico: Ricardo Drubscky.

CORITIBA

Vanderlei; Norberto, Luccas Claro, Leandro Almeida e Carlinhos; Baraka (Élber), Gil, Robinho e Alex; Martinuccio (Keirrison) e Joel (Júlio César)

Técnico: Marquinhos Santos

Fonte: Uol