Grande dívida faz com que Flamengo atrase pagamento de jogadores

Grande dívida faz com que Flamengo atrase pagamento de jogadores

Apesar de os salários estarem sendo mantidos em dia, nem tudo são flores no departamento financeiro do Flamengo. O clube tem uma dívida de premiação com os jogadores referente ao desempenho recente no Campeonato Brasileiro. Os jogos foram divididos em blocos de quatro, nos quais o time deveria conquistar 50% dos pontos, e essa meta foi até superada nos dois primeiros.

Nos dois primeiros blocos, o Flamengo conquistou nove pontos em cada estabelecendo um aproveitamento de 75%. Contra o Goiás, o time iniciou uma nova série de quatro jogos, que terá ainda Corinthians, Palmeiras e Fluminense. Será preciso conquistar duas vitórias para atingir a meta.

A situação deixou alguns jogadores insatisfeitos. No entanto, o caso não é mais grave pelo cumprimento dos pagamentos dos salários em carteira. Os seis jogadores com direitos de imagem (Felipe, Chicão, Cáceres, Mugni, Everton e Léo) seguem com cinco meses de atraso nessa forma de remuneração.

O Flamengo ainda não tem previsão de quitação dessas premiações nem dos direitos de imagem. A expectativa é de que na próxima semana consigam passar pelo menos um prazo ao grupo para conter qualquer possibilidade de uma manifestação mais drástica.

Recentemente, o vice-presidente de finanças, Rodrigo Tostes, esteve com os jogadores para explicar algumas situações e existe a possibilidade de repetir o encontro. Essa questão é tratada pelo departamento de futebol como objeto de trabalho do financeiro do clube.

Esse é mais um problema entre o departamento de futebol e a cúpula política do clube. Outro foi a questão do aumento do preço dos ingressos para o jogo com o Corinthians, que causou irritação no vice-presidente de futebol, Alexandre Wrobel, responsável por fazer uma promessa quando assumiu o cargo de que o valor promocional seria mantido.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Globo Esporte