Grêmio segura Internacional com um a menos, e 1ª decisão tem empate

O Grêmio estava até melhor no clássico que abriu a decisão do Campeonato Gaúcho de 2015, neste domingo, na Arena tricolor, mas teve que se contentar com um empate por 0 a 0 diante do Internacional

O Grêmio estava até melhor no clássico que abriu a decisão do Campeonato Gaúcho de 2015, neste domingo, na Arena tricolor, mas teve que se contentar com um empate por 0 a 0 diante do Internacional depois de ficar com um jogador a menos por mais de 30 minutos da partida. A expulsão de Pedro Geromel aos 16min do segundo tempo mudou o jogo em favor dos colorados, que pressionaram na parte final, mas não conseguiram um importante gol fora de casa para levar uma vantagem à finalíssima no Beira-Rio.

 Na final do Gaúcho, o saldo de gols é qualificiado - em caso de igualdade no placar após as duas partidas, ganha o time que fez mais gols fora de casa. Como o Grêmio não foi vazado na Arena, qualquer empate com gols no Beira-Rio no próximo domingo deixará o título estadual com a equipe de Felipão. Já o Inter fica obrigado a vencer para levar o troféu nos 90 minutos - em caso de novo 0 a 0, a decisão terá prorrogação e, caso mantida a igualdade, pênaltis.

 Em mais um Gre-Nal com torcida mista convivendo em paz nas arquibancadas, o primeiro tempo teve o Grêmio levemente superior, com mais volume de jogo, sobretudo com Maicon e Douglas controlando as ações no meio-campo. O Internacional preferiu se fechar e apostar nos contra-ataques, mas teve talvez a chance mais clara dos primeiros 45 minutos, quando Nilmar fez fila pelo meio da defesa tricolor e deixou para Sasha finalizar para fora. O Grêmio respondeu com desvio perigoso de Douglas, rente à trave, mas o placar não se mexeu.

Diego Aguirre resolveu soltar o Internacional para a segunda etapa, colocando o garoto Valdívia na vaga do volante Nico Freitas. O meia-atacante logo deu outro fôlego ao ataque colorado com arrancadas individuais, e causou a expulsão do zagueiro Pedro Geromel, que recebeu o segundo amarelo por uma chegada forte em Valdívia. O cartão vermelho veio em um momento em que o Grêmio ensaiava uma pressão, com Luan e Marcelo Oliveira perdendo chances claras de abrir o placar.

 Com Felipão tirando o centroavante Braian Rodríguez para refazer a defesa com Erazo, o Grêmio se encolheu e deu espaço para o Inter crescer no jogo. Marcelo Grohe teve que trabalhar com excelnetes defesas em tentativas de Valdívia e Sasha para evitar o gol do Inter. Nilmar também teve chance após linda tabelinha com Aránguiz, mas bateu para fora. No fim, apesar de rondar a área gremista, a equipe visitante não conseguiu balançar a rede. Fica para o Beira-Rio a decisão de quem será o dono do Rio Grande do Sul em 2015.

 


;

Fonte: TERRA