Grêmio vence o Atlético-MG e leva briga por vice para última rodada

Com a vitória, o Grêmio foi a 65 pontos

Somente a vitória manteria o Grêmio vivo na luta pelo vice-campeonato brasileiro. Por isso, o resultado de 2 a 1 sobre o Atlético-MG, no último jogo da Arena em 2015, foi bastante comemorado pelos 40 mil torcedores gremistas e também pelos atletas. Na última rodada, o Tricolor precisa vencer o Joinville e torcer para o Galo não bater a Chapecoense em Minas Gerais para ser vice-campeão brasileiro pela quarta vez em sua história.

Image title

"Provamos que temos condições de conseguir o segundo lugar, mas infelizmente não dependemos só de nós. Agora é vencer o último jogo e dar uma secadinha no Atlético-MG", observou o volante Ramiro. O meia Douglas, suspenso, não atuará em Joinville, mas vê o grupo com alternativas para substituí-lo: "a vitória foi importante. A gente segue na busca pelo segundo lugar, e agora tudo se decide na última rodada. É ruim ficar de fora, mas quem entrar está treinando forte para entrar bem", considera.

O lateral esquerdo Marcelo Oliveira afirmou que a vitória deste domingo é um sinal de que o grupo gremista não está acomodado, embora tenha entrado em campo já classificado para a Libertadores: "foi importante vencer, mas mesmo que a gente não conseguisse o resultado, o que vemos fazendo merece ser reconhecido. Mesmo que a expectativa no início fosse uma, e a situação do campeonato outra, jamais nos acomodamos. Vamos seguir lutando para colocar o Grêmio na melhor colocação possível".

Com a vitória, o Grêmio foi a 65 pontos, encurtando a distância para o Galo, que tem 66. Os jogos entre Atlético-MG x Chapecoense e Joinville x Grêmio estão marcados para as 17h do próximo domingo, horário de Brasília.

Fonte: Uol