Guerrero encara com tranquilidade pressão por gols no Flamengo

Ele disse que o mais importante são as vitórias do Rubro-Negro

A pressão por gols no Flamengo está sendo encarada com tranquilidade pelo atacante Guerrero. Após ser substituído no jogo contra o Sport, no sábado, o peruano deixou o campo do Estádio Raulino de Oliveira insatisfeito com sua atuação.

No entanto, Guerrero destacou nesta segunda-feira que o mais importante são as vitórias do Rubro-Negro.

- O momento do Flamengo é positivo. O Muricy Ramalho deixou claro que tínhamos que vencer o jogo sábado e ganharmos os três pontos. Agora vamos buscar manter este bom momento - declarou Guerrero antes de comentar sua insatisfação ao deixar o campo:

- Vou falar o que aconteceu. O jogador quando é substituído não fica satisfeito. Foi o que aconteceu comigo. Não consegui fazer o que queria dentro de campo e sai chateado. Mas não estava xingando o torcedor. Estava xingando a mim mesmo, pois não consegui marcar - explicou Guerrero, que marcou 9 gols em 2016. A atuação contra o Sport deve ser tomada como exemplo pelo Flamengo, de acordo com o atacante. De acordo com o peruano, não está faltando empenho e os gols vão voltar a sair na hora certa.

- Quando a oportunidade chegar eu vou fazer o gol. O mais importante é não tomarmos e vencermos os jogos. O meu medo, e de alguns companheiros, era de sairmos na frente do Sport e ceder o empate, como já aconteceu antes. Mas nós controlamos bem a partida e temos que fazer isso.Nesta terça-feira o Flamengo volta a treinar no Ninho do Urubu.

O Rubro-Negro se prepara para a partida contra o Fortaleza na quarta-feira, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Após perder o jogo de ida, o time de Muricy Ramalho precisa vencer para avançar à terceira fase da Copa do Brasil.

Guerrero  (Crédito: Divulgação)
Guerrero (Crédito: Divulgação)


Fonte: Terra