Inter quebra má fase e vence o Palmeiras por 1 a 0 no Pacaembu

A vitória faz o Inter terminar o sábado no segundo lugar, com 34 pontos

Jorge Henrique foi a novidade do Inter para enfrentar o Palmeiras em São Paulo. E foi exatamente o camisa 23 que definiu a vitória colorada por 1 a 0, encerrando a série de três derrotas consecutivas da equipe.

Mesmo sem uma atuação de alto nível, o time foi eficiente dentro da sua estratégia — antes do início do jogo, Abel Braga afirmou que a velocidade no contra-ataque seria a arma. E, assim, o time criou suas principais chances. O gol, marcado no primeiro tempo, se originou de um chute de Dida, desviado por Rafael Moura e aproveitado por Jorge Henrique, que se antecipou ao goleiro Fábio.

Relembre os lances da partida

A vitória faz o Inter terminar o sábado no segundo lugar, com 34 pontos — o São Paulo visita o Figueirense neste domingo e é o único que pode assumir a vice-liderança. O líder Cruzeiro, que venceu a Chapecoense, tem 42.


O JOGO

O Inter não tinha uma grande atuação, mas impedia qualquer criação palmeirense e levava perigo em contra-ataques durante o primeiro tempo. Na primeira chance clara, Rafael Moura tocou com o braço — na sequência, Jorge Henrique mandou para o gol, mas a jogada estava paralisada.

Aos 19 minutos, Dida deu um balão para o ataque. Moura desviou de cabeça e Jorge Henrique se antecipou ao goleiro Fábio. Um leve toque mandou a bola para as redes e abriu o placar no Pacaembu.

Três minutos depois, o time teve outra chance clara. Wellington lançou Aránguiz, que ficou de frente para o goleiro, mas bateu fraco. A única chegada do Palmeiras foi com o ex-gremista Leandro. Da entrada da área, ele arriscou com a perna esquerda, para fora.

O segundo tempo começou com mais iniciativa do Palmeiras, ainda que Ricardo Gareca tenha trocado o atacante Leandro pelo volante Eguren. No entanto, as dificuldades de armação eram as mesmas. As melhores jogadas partiam de Mouche, pelo lado esquerdo.

A maior chance chegou aos 15 minutos. Depois de cruzamento da esquerda, Cristaldo ficou sozinho na pequena área. Porém, cabeceou fraco e facilitou o trabalho de Dida.

O Inter contra-atacava para aliviar a pressão. Em uma das tentativas, Aránguiz recebeu de Rafael Moura e o time colorado tinha vantagem numérica no campo ofensivo. Mas o chileno dominou mal e foi desarmado.

Aos 24, o Palmeiras chegou em mais uma cabeçada de Cristaldo, que ganhou no alto da defesa. Bem colocado, Dida fez nova defesa. A equipe de Abel Braga começou a atacar mais e chegou, aos 29, perto do gol. Jorge Henrique mandou para a área e Rafael Moura não alcançou para definir a jogada. Aos 38, Aránguiz cruzou da direita com perigo. Leandro, que acabara de entrar, não alcançou para cabecear.

O Palmeiras voltou a assustar aos 39. Allione invadiu a área e bateu forte. A bola passou por cima do gol. O time paulista esboçou uma pressão nos minutos finais, mas não conseguiu marcar.

Clique aqui e curta a página do meionorte.com no facebook

Fonte: Terra