Inter vence Atlético-MG e dispara na liderança do Brasileirão

Inter foi a 19 pontos e abriu três pontos do segundo colocado

O Internacional é líder do Campeonato Brasileiro. E mais do que isso, de forma isolada e com vantagem. Nesta quinta-feira (16), o Colorado dominou o Atlético-MG, fez 2 a 0 e disparou no Campeonato Brasileiro. Eduardo Sasha e Vitinho garantiram o triunfo na oitava rodada.

Com o placar, o Inter foi a 19 pontos e abriu três pontos do segundo colocado, o Palmeiras. Grêmio, com 15, e Santos, com 13, completam o G-4.

O Galo, por sua vez, continua na zona do rebaixamento. Com apenas sete pontos, o time parece piorar a cada rodada sob o comando de Marcelo Oliveira. Com o treinador, o Atlético-MG ainda não venceu. São seis partidas de jejum.

Na próxima rodada, o Internacional visita o Figueirense e o Atlético-MG recebe a Ponte Preta. Os dois jogos acontecem no domingo, com o Galo entrando em campo às 11h (Brasília) e o Colorado às 16h.

Artilheiro do Inter na temporada, o camisa nove foi o resumo da atuação vermelha. Intenso, aplicado e bem posicionado. Além do gol, Sasha foi importante para contenção. E também repetiu a troca de posição com Vitinho, enquanto o camisa 11 esteve em campo. Antes do fim, ainda acertou a trave esquerda.

No primeiro tempo, Robinho ficou muito longe do gol. Cercado por no mínimo dois marcadores, ele quase nada fez. Na etapa final avançou alguns metros e criou duas chances. Mas ficou por aí.

No segundo jogo como atleta do Atlético-MG, Fred foi quase nulo. O camisa 99 até chegou a recuar para não ficar ilhado no ataque, mas pouco adiantou. Duas finalizações, ambas bloqueadas pela defesa do Inter, foram tudo que o centroavante conseguiu produzir. A falta de uma estrutura ofensiva também não ajudou em cada o reforço vindo do Fluminense.

Marcação pressão, disciplina tática exemplar e ligeira evolução. Assim, o Inter foi melhor e conseguiu não só marcar, mas criar oportunidades em diversos momentos do jogo. Ainda apostando muito nos lados do campo, o Colorado deixou de abusar da bola alta e investiu no toque para trás. Por ali, duas boas chances nasceram. O gol de Sasha serve de exemplo de outro princípio: marcar alto, não recuar após perder a bola.

No segundo tempo o lado do campo seguiu sendo decisivo. Anderson deu linda arrancada e serviu Vitinho. O chute de primeira dele liquidou a partida. O termo pragmático só não cabe ao jogo do Colorado por ironia. Com tamanho volume de chances, o clube gaúcho se deu ao luxo de acertar a trave e perder mais duas chances - com Ernando e Alex.


Sem mostrar organização ofensiva, o Atlético-MG sucumbiu ao jogo do Inter. A saída foi tentar bola longa em Fred, mas sem conseguir ganhar a segunda bola. A inoperância fez Júnior Urso virar articulador em vários momentos, inclusive concluindo a gol. Robinho, flutuando na linha atrás de Fred, foi quase nulo no primeiro tempo. Na etapa final arriscou chutes de longe, tentou ir na bola parada. Mas ficou por aí. Pouco para quem tem tanto recurso.

Inter é lider do Brasileirão (Crédito: Gazeta Press)
Inter é lider do Brasileirão (Crédito: Gazeta Press)



Fonte: Com informações: UOL