Jogador é ameaçado de morte após fazer um gol contra na Suécia

O caso foi denunciado à polícia, que ofereceu proteção ao jogador.

O zagueiro Mohammed Ali Khan recebeu ameaças de morte contra si e contra familiares depois de ter marcado um gol contra que representou o rebaixamento de sua equipe, o Halmstads BK, para a segunda divisão do Campeonato Sueco.


Image title

O caso foi denunciado à polícia, que ofereceu proteção ao jogador sueco de origem libanesa, segundo informações confirmadas pela diretoria do clube.

"Mohammed está a caminho de um lugar onde se sente seguro. Para nós, o que importa é lhe perguntar o que podemos fazer por ele", declarou nesta segunda-feira ao canal público "SVT" o presidente do Halmstads, Tony Karlsson.

Nos acréscimos do segundo tempo, Ali Khan marcou contra o gol da derrota do Halmstads para o AIK por 1 a 0 em casa. Com isso, o time mandante não tem mais chances de se manter na elite. Faltando duas rodadas, a equipe soma 18 pontos, sete a menos que o Falkenbergs, que disputaria uma repescagem contra a queda caso o torneio terminasse hoje.

O AIK, por sua vez, continua na luta pelo título, em segundo lugar, com 60 pontos, atrás do IFK Norrköping nos critérios de desempate.

"Entendo que as pessoas estão muito tristes, mas meu limite chega até haver ameaça de morte contra a minha família", declarou o jogador de 26 anos ao jornal "Expressen", ao qual denunciou que várias pessoas o telefonaram para lhe dizer que nem ele nem as pessoas próximas a ele podem ficar tranquilas.

O zagueiro já havia escrito no Twitter que estava recebendo ameaças. Através da rede social, algumas pessoas manifestaram apoio a Ali Khan nas últimas horas, inclusive torcedores de outros times.


Fonte: Com informações do Terra