Luis Suárez faz quatro gols em goleada do Barça pelo Espanhol

A equipe basca venceu o Sporting Gijón por 6 a 0

Depois de ver Atlético e Real Madrid vencerem suas partidas e o superarem na tabela de classificação, o Barcelona entrou em campo neste sábado precisando vencer para se manter na liderança do Campeonato Espanhol. E, com uma "ajudinha" da arbitragem e um show de Luis Suárez, conseguiu. Pela 35ª rodada da competição nacional, a equipe comandada por Luis Enrique venceu por 6 a 0 com três pênaltis e outros dois gols que devem ser muito contestados pelos rivais ao título.

Com a vitória, o Barcelona se mantém na ponta do Espanhol por uma vantagem mínima. Somando 82 pontos, mesmo número do Atlético de Madri, a equipe da Catalunha segue no primeiro lugar por conta do confronto direto, primeiro critério de desempate na competição. Um ponto atrás, mas na cola dos dois, está o Real Madrid, que venceu de virada neste sábado.

Já o Sporting Gijón se encontra em situação delicada no torneio. Com 32 pontos, a equipe está estacionada no 18º lugar, primeiro na zona de rebaixamento do Espanhol.

Com os quatro gols anotados nesta tarde, Suárez se torna o artilheiro isolado do Campeonato Espanhol, agora com 34, ultrapassando Cristiano Ronaldo (31), que foi poupado neste sábado e não entrou em campo pelo Real Madrid.

Apesar de tomar alguns sustos, o Barcelona dominou a etapa inicial. Além da já conhecida posse de bola (73% a 27%), os catalães finalizaram oito vezes ao gol, contra apenas três dos visitantes, mas apenas uma entrou. Aos 12min, Iniesta deu um passe por cima para Suárez, Cuellar abandonou a meta, afastou de soco e ficou no chão ao se chocar com o uruguaio. Enquanto os jogadores do Sporting ficaram pedindo falta, Messi, que não tinha nada a ver com isso, cabeceou de longe para o gol vazio.

Na etapa final, o Barça melhorou seu desempenho e voltou a parecer aquela equipe dominante de alguns meses atrás. Depois de desperdiçar pelo menos três boas chances de gol, Luis Suárez ampliou de forma polêmica. Aos 18min, Iniesta deu um passe na medida para o uruguaio, que, em posição irregular, apenas empurrou para dentro do gol.

Com uma vantagem tranquila no marcador, o Barcelona se soltou mais e conseguiu outros três gols através de cobranças de pênalti. Primeiro, aos 29, Canella cortou um cruzamento com o braço dentro da área. Na cobrança, Suárez marcou mais um. Menos de três minutos depois, outra penalidade, dessa vez com outra polêmica. Neymar invadiu a área e, ao dividir o lance com o Sanabria, foi ao chão. O uruguaio converteu mais um.

Quando parecia que a partida já estava encerrada, mais um pênalti ao Barcelona. E, mais uma vez, de forma contestável. Neymar subiu de cabeça em um cruzamento e o árbitro viu uma infração do marcador em suas costas. Agora, no entanto, foi o brasileiro que pegou a bola e, mesmo sem bater muito bem, marcou o quinto. Acha que acabou? Ainda teve tempo de Suárez fazer seu quarto gol do jogo e dar números finais ao placar um minuto depois.


Luis Suárez (Crédito: AFP)
Luis Suárez (Crédito: AFP)


Fonte: Com informações do Uol