Messi, Neymar e Suárez marcam no Camp Nou, e Barcelona toma ponta do PSG

O triunfo fez com que o Barcelona avançasse às oitavas de final do torneio continental na liderança, o que o fará escapar de jogos teoricamente mais difíceis já na próxima fase

Já classificados às oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, Barcelona e Paris Saint-Germain se enfrentaram nesta quarta-feira, no Camp Nou, apenas para definir o primeiro colocado do Grupo F da competição continental. Como já era esperado, a partida foi muito equilibrada e bem disputada.

Ao fim dos 90 minutos, porém, levou a melhor quem tinha mais craques: Ibrahimovic abriu o placar para o PSG, mas Messi, Neymar e Luis Suárez marcaram uma vez cada e definiriam a importante vitória de virada da equipe catalã por 3 a 1. Foi a primeira vez que o trio catalão funcionou bem para valer.

O triunfo fez com que o Barcelona avançasse às oitavas de final do torneio continental na liderança, o que o fará escapar de jogos teoricamente mais difíceis já na próxima fase. Por sua vez, o time francês passou em segundo. Assim, poderá pegar times como Real Madrid, Bayern de Munique e Chelsea antes do esperado. O sorteio que definirá os confrontos das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa ocorrerá nesta segunda-feira, às 9h (de Brasília). Precisando somente da vitória para avançar na primeira posição, o Barcelona entrou em campo com uma formação diferente e bastante ousada nesta quarta-feira. Luis Enrique escalou quatro atacantes (Messi, Pedro, Suárez e Neymar) e apenas dois meio-campistas (Busquets e Iniesta). Na prática, porém, o argentino funcionou como um legítimo camisa 10, qsendo o responsável pela armação do Barcelona. Por sua vez, o PSG também não aliviou e, desde o início, jogou com três jogadores extremamente ofensivos: Lucas, Cavani e Ibrahimovic.

E o time francês foi recompensado pela coragem. Aos 15min, Lucas fez boa jogada pela ponta direita, cruzou na área, e, após ajeitada de Matuidi, Ibrahimovic fuzilou para o fundo do gol de Ter Stegen, abrindo o placar no Camp Nou. O empate do Barcelona, contudo, saiu rápido: aos 19min, Thiago Silva e David Luiz vacilaram feio, e Messi aproveitou fraco cruzamento de Suárez para se isolar ainda mais na artilharia histórica da Liga dos Campeões da Europa com 75 gols. Antes do intervalo, ainda deu tempo de Neymar arrancar pelo meio e anotar um golaço, em chute de longa distância no cantinho de Sirigu. O Barcelona ia aos vestiários com triunfo parcial por 2 a 1. Na volta para a segunda etapa, o jogo seguiu muito aberto. O PSG, contudo, perdeu chance praticamente inacreditável logo no começo.

Aos 8min, Lucas fez ótima jogada pelo lado direito, e a bola sobrou dentro da pequena área para Cavani. O uruguaio tentou o chute, mas carimbou a defesa catalã praticamente em cima da linha. Verrati e Matuidi também pararam na barreira azul-grená. O time francês seguiu pressionando, mas foi o Barcelona quem sacramentou o triunfo no final. Aos 32 min, após bela jogada de Xavi e Neymar, Luis Suárez aproveitou rebote e garantiu a classificação catalã na primeira posição do Grupo F. Na outra partida do Grupo F, o Ajax encerrou a sua participação na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa de maneira bem digna. Diante do Apoel, em Amsterdã, o time holandês sapecou 4 a 0 (com três gols apenas na segunda etapa) e garantiu vaga no mata-mata da Liga Europa. Tal classificação serve como espécie de “prêmio de consolação” aos terceiros colocados de cada chave do principal torneio de clubes do mundo. O nome do jogo foi o meio-campista dinamarquês Schone, autor de dois gols.




Fonte: Terra