River só empata com Moto Club e deixa escapar chance de assumir liderança

A próxima partida do Galo pela série D do Brasileirão acontece no dia 19 de agosto contra o lanterna Interporto

Diante de um público de 5.704 torcedores, o River novamente decepcionou jogando no estádio Albertão, em partida válida pela Série D do Campeonato Brasileiro, neste domingo (10/08). Em um empate sem gols contra a equipe maranhense do Moto Club, o Galo deixou escapar a chance de assumir a liderança e agora com 5 pontos figura no terceiro lugar, ou seja, fora da zona de classificação no Grupo 2.

Os rivais, porém, tiveram motivos de sobra para comemorar; com o resultado conquistado fora de casa, o rubro-negro vai à 6 pontos e se isola na liderança; o vice-líder é o Remo, do Pará. Nos noventa minutos da partida, o protagonismo ficou por conta do excesso de faltas. Jogando totalmente recuado, o Moto pouco apresentou e com uma zaga bem armada minava as chances de gol do time piauiense. Na etapa inicial, o maior lance de perigo ocorreu aos 9 minutos com Fabiano, que após cobrança de escanteio, acabou arriscando de canhota da entrada da área, contudo a finalização não foi eficiente.

Esquerdinha também tentou quebrar a barreira maranhense, mas sempre sucumbia ao bom posicionamento dos adversários. No segundo tempo, o tricolor parecia disposto a reverter o cenário do duelo, apostando na entrada de Diego Sales e Warley, no intuito de surpreender o Moto Club. Contudo, quem começou no ataque foi o visitante, que rendeu alguns sustos à torcida riverina nos primeiros 8 minutos,assim percebendo o bom momento da equipe maranhense, o Galo buscou reagir e conseguiu; dominou novamente a partida, mas como nos primeiros 45 minutos sofria ao adentrar na área do rival, a defesa notória e arquitetada minuciosamente, insistia em acabar com as esperanças de um placar diferente. Nesse esquema, o jogo se aproximava do final com chances mínimas e um índice expressivo de lances com bola parada.

Nos últimos minutos, o River ainda tentava criar, chegou com perigo aos 41, mas após uma polêmica sequência, seguida de uma queda do atacante Warley dentro da área, a chance se esvaiu. Nesse momento, os jogadores do time piauiense pediram a cobrança da penalidade, contudo o árbitro descartou qualquer infração. Para o técnico Josué Teixeira, a apresentação do Galo poderia ter sido melhor. “Foi um jogo duro, o time do Moto veio pra buscar o empate e jogou muito atrás, fechado. Esperava uma atuação mais positiva”, destaca. Ele ainda lembra que o tricolor tem um jogo a menos e pode se recuperar na competição. “Continuamos com essa vantagem, mesmo o jogo sendo fora de casa”, limita. A próxima partida do Galo pela série D do Brasileirão acontece no dia 19 de agosto contra o lanterna Interporto, no estádio General Sampaio, em Tocantins, às 20h30.







FOTOS: JOSÉ ALVES FILHO

Fonte: Francys Teixeira