São Paulo bate Atlético-PR por 1 a 0 no Morumbi e dorme na vice-liderança

Muricy Ramalho retornou ao banco de reservas do jeito que gostaria.

Muricy Ramalho retornou ao banco de reservas do jeito que gostaria. Após três jogos ausente – dois pelo Brasileiro e um pela Sul-Americana – para cuidar da saúde depois de sentir sintomas de uma arritma em um treinamento, o comandante do São Paulo voltou a comandar o time ao lado do campo com vitória: no Morumbi, o clube tricolor bateu o Atlético-PR por 1 a 0 pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, com golaço de Maicon logo no início da partida e um pouco de aperto no começo do segundo tempo.

A vitória leva o São Paulo, que já vinha embalado de triunfo sobre o Grêmio fora de casa em duelo direto, provisoriamente para a segunda colocação do Campeonato Brasileiro, com 49 pontos (o Inter ainda entra em campo nesta quinta pela 27ª rodada e pode retomar o posto).

O Atlético-PR, que já havia perdido o clássico para o Coritba no último fim de semana, segue em situação complicada: é o 13º, com 31 pontos, a apenas dois da zona de rebaixamento. Os próximos jogos de ambas as equipes pelo Campeonato Brasileiro estão marcados para este fim de semana. Ainda desfalcado, o time do Morumbi visita o Atlético-MG, no Independência, às 16h (de Brasília) do domingo. Já os paranaenses têm duelo direto contra o rebaixamento: recebem o Figueirense no mesmo dia, mas às 18h30. Bastante desfalcado e com novidades no time titular, como Hudson na lateral direita, Maicon no meio-campo e Osvaldo no ataque, o São Paulo pareceu não se importar com as baixas no início da partida. Logo aos 5min, Maicon mostrou agarrar a chance aberta pela ida de Souza para a Seleção Brasileira para marcar um golaço, em chute colocado de fora da área no ângulo de Weverton. Os visitantes quase empataram logo depois.

Aos 10min, Natanael achou Bady na área e o meio-campista chutou para ótima defesa de Rogério Ceni no chão com a ponta da mão esquerda. A grande chance antes do intervalo, contudo, foi são-paulina: aos 29min, Ganso deu lançamento espetacular para Alexandre Pato, mas o atacante chutou para fora na saída do goleiro adversário. Na volta do intervalo, o São Paulo foi surpreendido por uma postura ofensiva do Atlético-PR, que manteve a posse de bola e acuou os donos da casa. Aos 10min, o time rubro-negro quase chegou à igualdade em lance confuso em que a bola passou por toda a pequena área tricolor.

Com postura defensiva, a primeira chance do São Paulo no segundo tempo foi somente aos 27min, em chute de Michel Bastos. Muricy tentou mudar a postura da equipe ao colocar Luís Fabiano na vaga de Alexandre Pato – o atacante titular mostrou insatisfação com a troca. A alteração deu mais consistência ao São Paulo no ataque e a equipe parou de sofrer sustos do Atlético-PR. Até o fim da partida, os donos da casa controlaram o jogo para conseguir a importante vitória e sequer passaram por drama.


Fonte: Terra