Valdivia lidera estrangeiros no Verdão e brinca com "limite" de brasileiros

Valdivia lidera estrangeiros no Verdão e brinca com "limite" de brasileiros

Chileno, argentinos, uruguaios e paraguaio. São 10 no total dentro do Palmeiras entre jogadores e membros da comissão técnica. E o número pode chegar a 11 com a iminente contratação de Jonathan Cristaldo, outro argentino que já tem tudo apalavrado com o Verdão. Todos eles liderados por Valdivia, principal estrangeiro e ídolo da torcida, de volta após negociação fracassada com o Al Fujairah, dos Emirados Árabes.

O Mago falará a mesma língua de Mouche, Tobio, Allione (argentinos), Eguren, Victorino (uruguaios) e Mendieta (paraguaio). Todos eles são comandados pelo técnico argentino Ricardo Gareca, auxiliado por Sergio Santín (uruguaio) e pelo preparador físico Néstor Bonillo (outro argentino). O elevado número de estrangeiros levou Valdivia a fazer uma brincadeira sobre o limite de jogadores do exterior atuando no clube. Pela regra da CBF, apenas cinco podem ser relacionados por partida.

- No ano que vem serão só cinco brasileiros (risos). É legal que haja mais estrangeiros. Você dá chance de trabalho, de viver em um país 100% futebol e de criar os filhos aqui, como no meu caso - disse o Mago. Com a bola rolando, Valdivia volta a brigar por posição pela armação das jogadas, na vaga atualmente ocupada por Felipe Menezes. O meio de campo formado por Gareca na vitória por 1 a 0 sobre o Avaí, pela Copa do Brasil, teve Renato, Wesley, Allione e Felipe Menezes.

Gareca, aliás, disse gostar do futebol do chileno. Valdivia e o argentino conversaram nesta quinta-feira. Sem previsão para reestrear, o meia iniciou trabalhos em dois períodos, alternando atividade física e com bola. - Eu disse a ele que aqui é clássico toda semana. Quando não é clássico, você enfrenta o melhor time de Minas Gerais, de Porto Alegre... não tem time pequeno. A mensagem que mando a ele é de tranquilidade, confiança e que o time está 100% fechado com o que ele faz. Conversei com os jogadores e disseram que ele faz trabalhos excelentes. É uma ótima pessoa. Ele cumprimenta a todos sem exceção.

Chego com muita vontade de mudar os resultados negativos recentes - disse o Mago, sobre o fato de Gareca ainda não ter conseguido uma vitória no Brasileirão. Os resultados citados por Valdivia deixam o time na 14ª colocação do Brasileirão, com 14 pontos, três acima da zona de rebaixamento. Neste domingo, a equipe encara o Atlético-MG, no estádio Independência, em Belo Horizonte. A equipe também está classificada para as oitavas de final da Copa do Brasil.

Fonte: Globo Esporte