Neymar se esforça para estrear segunda-feira com Suárez e Messi no Barcelona

Neymar se esforça para estrear segunda-feira com Suárez e Messi no Barcelona

Neymar, Messi e Suárez. O ataque do Barcelona, de meter medo em qualquer defesa, deve estrear na próxima segunda-feira. Os três treinaram juntos pela primeira vez na manhã desta sexta-feira, na Ciudad Deportiva do Barça. Na interpretação do clube, a nova determinação do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) sobre a punição do uruguaio o permite disputar o troféu Joan Gamper, contra o Léon, já que não é uma partida válida por competição oficial. O atacante será apresentado no mesmo evento.

Menos de 24 horas depois de conseguir a liberação para treinar com o Barcelona, Suárez apareceu pela primeira vez no campo. Durante a atividade, interagiu na maior parte do tempo com Iniesta, que já declarou ter boa relação com o uruguaio, e Xavi, os capitães do elenco. Em um treino de posse de bola, estilo 'tiki-taka', ele tabelou com Neymar e fez parte da equipe que 'venceu' a disputa por mais passes consecutivos sem que um adversário encostasse na bola. Foram 37 toques do time formado por: Suárez, Neymar, Rafinha, Mascherano e Bartra. - Estou muito feliz por voltar a me sentir jogador de futebol e estar com os colegas.

Eu realmente queria começar. Foi difícil, pois era uma situação que me fazia sentir desconfortável. Estou pagando por um erro que cometi e já pedi desculpas, mas ficou para trás. Tenho que pensar no futuro, em estar no Barcelona, clube onde sonhava jogar. Agora é esperar voltar a jogar, ter contato com a torcida e a sensação de jogar em um estádio especial como o Camp Nou. Meu foco é treinar e ficar pronto para quando me chamarem. Eu sou muito grato ao clube por tudo o que fez por mim nestas últimas semanas - disse Suárez ao canal de televisão oficial do Barcelona.

A escalação do trio na segunda-feira depende exclusivamente do técnico Luis Enrique. Suárez pode jogar o Gamper, mas depois voltará a atuar somente no fim de outubro, quando acaba a punição, justamente um dia antes do primeiro clássico contra o Real Madrid. Resta saber se o treinador premiará Luisito com alguns minutos em campo ou dará prioridade para montar seu time, ainda pouco testado a um jogo do início das competições da temporada.Neymar está liberado, treina há quatro dias com o grupo e tem mostrado vontade de jogar. Nesta sexta-feira, o atacante completa seis semanas do dia em que sofreu a lesão na vértebra que o tirou da Copa do Mundo.

O brasileiro participou da atividade desta manhã com intensidade. Em sua volta, ele não deve ter condições de atuar os 90 minutos contra o León, mas está à disposição de Luis Enrique para atuar por algum tempo. Messi está pronto para o jogo, e completaria o tridente infernal do Barça. Porém, o time não terá força total. O goleiro Ter Stegen e o recém-contratado zagueiro Vermaelen não treinaram. No entanto, Xavi e Mathieu, que eram dúvidas, participaram normalmente da atividade desta sexta e devem aparecer na lista de relacionados para a partida.

O Barça, inclusive, soltou um comunicado explicando que o goleiro alemão sofreu uma pequena fissura na apófise transversa L3, mesma vértebra em que Neymar teve a fratura durante a Copa do Mundo. Ter Stegen seguirá fazendo trabalho específico de recuperação e deve ficar parado entre duas e três semanas.

Fonte: Globo Esporte