Para fechar o ano com a zaga invicta, seleção brasileira pega a Áustria em Viena

Foram cinco partidas sem sofrer nenhum gol.

De dez gols em dois jogos na reta final da Copa do Mundo a defesa invicta nas últimas cinco partidas. E com o retrospecto de não ter levado nenhuma bola na rede desde o apito final do duelo contra a Holanda, na decisão do terceiro lugar no Mundial, que a Seleção vai encerrar a temporada 2014 no confronto diante da Áustria, no Ernst Happel Stadium, em Viena, nesta terça-feira, às 16h (de Brasília).

Foram cinco partidas sem sofrer nenhum gol. Triunfos sobre Colômbia (1 a 0), Equador (1 a 0), Argentina (2 a 0), Japão (4 a 0) e Turquia (4 a 0). E tudo sob a batuta de um novo comandante: Dunga. Nos quatro primeiros jogos, Jefferson foi o goleiro. No último, diante dos turcos, Diego Alves. A defesa teve Miranda e Filipe Luís, que não foram chamados para a Copa, em todos os jogos. Nesta terça-feira, David Luiz e Danilo completarão o setor.

- Na verdade, foi um risco. Enfrentamos grandes adversário. Os primeiros três amistosos que fizemos foram contra adversários que fizeram uma grande Copa do Mundo (Colômbia, Equador e Argentina). Foi uma prova de que a Seleção tem que ser respeitada. Estamos tentando recuperar essa autoestima e esse respeito que a Seleção sempre teve após o que aconteceu na Copa – disse Miranda.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Globo Esporte