“Pau de Selfie” está proibido nos estádios de futebol do Ceará

De acordo com o comandante do Batalhão de Eventos da Polícia Militar do Estado do Ceará, Coronel Aginaldo, o acessório traz perigo para os torcedores

Acessório que virou febre nos últimos meses, o “pau de selfie” ou “bastão de selfie” está proibido de entrar nos estádios cearenses. O instrumento é um bastão retrátil em que a pessoa acopla a câmera ou celular na ponta e dispara a foto por um dispositivo com a tecnologia bluetooth.


De acordo com o comandante do Batalhão de Eventos da Polícia Militar do Estado do Ceará, Coronel Aginaldo, o acessório traz perigo para os torcedores.

“É como o bambu dos mastros das bandeiras.  É um instrumento que pode virar um cassetete, uma arma. Nenhum torcedor pode entrar no estádio com esse acessório. Não podemos permitir”, declarou Aginaldo.

A proibição não é exclusiva do futebol cearense. Na Inglaterra, dois dos principais clubes de Londres baniram o objeto de seus estádios. O Tottenham atendeu a uma reclamação de um torcedor, através do Twitter, e baniu o “pau de selfie” da sua casa, o  Estádio White Hart Lane.

O todo poderoso Arsenal, dono do badalado Emirates Stadium, seguiu a recomendação do rival alegando que o bastão poderia ser utilizado como arma.

Em Manaus, onde Flamengo, Vasco e São Paulo vão disputar um torneio amistoso, a partir desta quarta-feira, na Arena Amazonas, o “pau de selfie” também foi proibido pela organização da competição.

Clique aqui e curta o Meionorte.com no Facebook

Fonte: Diário do Nordeste