Flávio Araújo promete um River competitivo

Flávio concedeu entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, em Teresina

Tão logo passem as festas de fim de ano, o grupo do River Atlético Clube vai começar a trabalhar forte, visando tanto o estadual quanto a Copa do Nordeste 2015. É o que garante o treinador Flávio Araújo, recentemente anunciado para o comando técnico do time tricolor. Flávio concedeu entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, em Teresina. Sabatinado pelos jornalistas da imprensa esportiva local, o técnico cearense de 51 anos falou sobre diversos pontos, e comentou principalmente sobre suas expectativas para sua terceira passagem pelo clube. Visando dar continuidade à história de conquistas dos últimos cinco anos, o técnico trará também sua comissão técnica, composta pelo auxiliar técnico Hélio Pinheiro, pelo preparador físico Pedro Henrique e pelo preparador de goleiros Wellington Teles.

O treinador tem em seu currículo passagens por clubes como Icasa, Fortaleza, Ceará, América de Natal e Sampaio Correa. No Piauí, Flávio já passou pelo Flamengo-PI, Parnahyba e Barras, além do Próprio River.

Brasileiro e Copa do Nordeste

Conhecido por seu histórico de acessos nos times por onde passou (são quatro nos últimos cinco anos), Flávio crava que seu objetivo é conseguir o mesmo à frente do Galo, ajudando o time a conseguir a tão sonhada vaga na série C do Brasileirão. "Sinto-me orgulhoso por voltar a trabalhar no River. Tanto eu quanto a diretoria entendemos que o estadual é importante, mas são as competições nacionais que realmente elevam o time", disse o treinador.

O time tricolor tem um grupo bastante difícil pela frente na Copa do Nordeste. O galo figura na chave D, ao lado Ceará, Fortaleza e Botafogo-PB. É contra este último que o time piauiense faz sua estreia, em 4 de fevereiro, em João Pessoa. "De todos os grupos, o mais forte é o nosso. Temos o Botafogo-PB, que vai iniciar um trabalho com bastante antecedência, o Ceará, que é um bom time e deve manter a base, e o Fortaleza, que deve sofrer uma reformulação mas que tem muita tradição. Cada competição tem um nível de dificuldade, e a Copa do Nordeste é bem diferente do estadual. Temos que fazer com que nosso grupo perceba isso".

VEJA A MATÉRIA COMPLETA NO JORNAL MEIO NORTE DESTA QUINTA-FEIRA (27)

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook


Fonte: Dowglas Lima