River busca liderança do Grupo A2 da Série D do Campeonato Brasileiro

River busca liderança do Grupo A2 da Série D do Campeonato Brasileiro

O River enfrenta hoje mais um desafio. Desta vez o time joga em Porto Nacional, no interior do Tocantins, contra o Interporto (TO), única equipe que o time tricolor ainda não disputou partida. O jogo acontece às 20h30, no Estádio General Sampaio, e é válido pela quinta rodada do Grupo A2 da Série D do Campeonato Brasileiro.

Na noite de hoje, o River entra em campo sob o comando do novo treinador, Flávio Barros, que assumiu a equipe no último domingo. Mesmo necessitando de uma vitória para assumir a liderança do Grupo A2 e sabendo da condição de lanterna do adversário, Barros espera cautela do time.

“Vamos respeitar nosso adversário porque ele ainda não ganhou, então vencer para ele também é uma meta. Vamos jogar em um campo com condições não muito boas, mas precisamos ser mais aguerridos neste momento”, comentou.

Sem o atacante Eduardo, que não viajou com o grupo acometido de uma forte gripe, seguida de febre, o ataque do Galo deve ser formado por Chicão e Fabiano.

Flávio Barros, neste primeiro momento, preferiu não fazer alterações no time e garantiu que apenas o sistema de jogo seria alterado. O restante da equipe permanece a mesma, inclusive com o goleiro César Luz entre os titulares.

O grupo passou pela transição com a troca de técnico e auxiliar técnico durante a semana, mas garante que o foco continua o mesmo. “Temos que continuar com nosso foco e confiante que a nossa classificação só depende de nós”, disse o atacante Fabiano.

“Temos que esquecer tudo que passou e continuar na briga, porque afinal de contas o River continuar precisando vencer”, acrescentou o goleiro César Luz.

No único jogo do domingo, o Remo (PA) perdeu para o Guarany de Sobral (CE) por 1 a 0. Com este resultado, o Guarany assumiu a liderança, com seis pontos e o Remo passou a ser o quarto colocado.

O River entra em campo hoje como terceiro colocado, com cinco pontos ganhos. Se vencer, vai a oito pontos. O Interporto é o último colocado e está com apenas um ponto. Moto Club, que folga nesta rodada, é o segundo colocado, com seis pontos.

A arbitragem do jogo em Porto Nacional vai ficar sob o comando de Rafael Martins Diniz (DF-CBF-2); auxiliado por Luciano Benevides de Sousa (DF-CBF-2) e José Araújo Sabino (DF-CBF-2). O quarto árbitro será Luciano Oliveira dos Santos (TO-CBF-1) e o assessor será Antônio de Sousa Parreao (TO-ASS).

Fonte: Jornal Meio Norte