River recebe o Fortaleza às 19h30 desta quarta-feira (01) no estádio Albertão

E se o primeiro confronto teve ares de superação por parte do elenco riverino, o segundo jogo representou uma frustração

Hoje é dia de mais emoções pela Copa do Brasil no estádio Albertão. River e Fortaleza entram em campo a partir das 19h30, em um duelo que promete ser eletrizante. Isso porque será o terceiro jogo entre as duas equipes neste ano, o segundo no gigante da Redenção.

No primeiro encontro, válido pela terceira rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste, as duas equipes fizeram um jogo que certamente vai ficar na memória do torcedor riverino. Naquele 18 de janeiro, o Galo Carijó foi para o intervalo com o peso de uma desvantagem de dois gols no placar. No entanto, o time reagiu e buscou o empate, com gols de Fabinho e Esquerdinha.

E se o primeiro confronto teve ares de superação por parte do elenco riverino, o segundo jogo, na rodada seguinte, representou uma frustração.

Depois de segurar o empate sem gols durante praticamente a partida inteira na Arena Castelão, o River acabou perdendo por 2 a 0, com gols nos minutos finais do duelo. Naquela ocasião, o Fortaleza assumia a liderança da chave, que só seria perdida na última rodada da fase classificatória no confronto direto com o Ceará. O River foi eliminado ainda na fase de grupos. O Fortaleza passou para as quartas, mas posteriormente foi eliminado pelo Sport.

E é justamente tentando superar esta eliminação que o tricolor cearense chega a Teresina para a estreia na Copa do Brasil. O técnico Marcelo Chamusca adiantou que o time deve apresentar muitas modificações para a partida de hoje. “Haverá mudanças em todos os setores. O Adalberto sentiu um problema muscular e vai ficar tratando, Vinícius e Auremir fora (expulsos contra o Sport), há a possibilidade de jogar o Dudu, a gente deve mexer na frente ali também, porque alguns jogadores apresentam um nível de fadiga muito alto”, disse o treinador, em entrevista o site oficial do clube.

O River vem de uma vitória sobre o Parnahyba e lidera o campeonato piauiense, mas não poderá contar com o atacante Eduardo, que está entregue ao departamento médico por conta de um estiramento muscular. O técnico Flávio Araújo declarou que apenas pouco antes da partida vai definir qual o time titular. Na última partida, Eduardo jogou ao lado de Netinho no ataque do River. Se Eduardo está fora, Léo Olinda, Luís Augusto e Rhuann recuperaram-se de suas lesões e voltaram a treinar com o restante do elenco.

Se vencer por dois ou mais gols de diferença, a equipe do Fortaleza elimina o jogo de volta na capital cearense.

Quem passar pega o Coritiba na segunda fase. A partida entre River e Fortaleza terá a arbitragem de Renan Roberto de Souza, da Paraíba. Os auxiliares serão os maranhenses Geison Mendes dos Santos e Aelson Mariano Campelo Gomes.

 

Fonte: DOWGLAS LIMA