River vence a primeira no Albertão pela série D

Time quebrou um tabu de não vencer em casa

Fim do tabu. Enfim o River venceu a primeira partida em casa na série D. A vítima foi a equipe do Imperatriz, e o placar de 2 a 1, válido pela sexta rodada, foi construído com algum sufoco. Paulo Paraíba e Esquerdinha anotaram para o River, e Rubens marcou o dos maranhenses. Com o resultado, o Galo se manteve na liderança do grupo A2, com nove pontos. O Imperatriz, por sua vez, estacionou nos cinco e ainda viu o Palmas (que venceu o Guarani de Juazeiro fora de casa por 2 a 0 neste domingo) pular para a segunda posição, com oito pontos. 

O JOGO - A equipe do Imperatriz usou a bola parada para chegar pela primeira vez. Logo aos dois minutos, Rubens cobrou falta da entrada da área e a bola passou com perigo. O River tentou responder: Primeiro em chute de longa distância de Amarildo, depois em cruzamento de Raphael Freitas, que Luís Jorge desperdiçou.

O Galo abriu o placar aos 27 minutos da etapa inicial. Esquerdinha cobrou falta, Raphael Freitas cabeceou, a bola tocou na trave e depois no goleiro Ranieri. Paulo Paraíba pegou a sobra e empurrou para as redes, fazendo 1 a 0, para a festa do bom público deste domingo no Albertão.

Antes do fim da primeira etapa, os maranhenses voltaram a aparecer bem. Carlinhos perdeu a bola, e o Imperatriz emendou um contra ataque. A conclusão foi de Júnior Chicão. A bola passou com perigo, depois do desvio de Amarildo.

O cartão de visitas do River no começo do segundo tempo foi um chute rasteiro de Carlinhos, que passou à direita do gol de Ranieri. Apesar da maior posse de bola do Galo, o Imperatriz chegou ao empate aos 16. Rubens pegou sobra de bola na área e, com oportunismo, tocou na saída de Naylson. 1 a 1.

Logo depois de sofrer o empate, Flávio Araújo promoveu a entrada de Junior Xuxa no lugar de Carlinhos. Cinco meses depois, o meia, que ficou afastado por conta de uma grave lesão, voltava a disputar uma partida pelo tricolor. Pouco depois de perder uma chance na cara do gol, Raphael Freitas também deixou o gramado, para a entrada de Célio Codó.

A aposta em Junior Xuxa logo se mostrou acertada. Saiu justamente dos pés dele o cruzamento que culminou no gol de Esquerdinha. O camisa 7 não perdoou e aproveitou um rebote na falha da zaga do Cavalo de Aço para marcar e dar números finais ao jogo, aos 27 minutos. 2 a 1. Para completar a festa, o Galo ainda levou um troféu para casa - a taça Aniversário de Teresina, por conta da passagem dos 163 anos da capital piauiense.

O River volta a folgar na próxima rodada, e só joga no dia 30 de agosto, contra o Guarani de Juazeiro, fora de casa. Guarani que será o adversário do Imperatriz, no Frei Epifânio, já no final de semana que vem (sábado, dia 22).

Fonte: Dowglas Lima - Jornal MN