Que fase! Palmeiras tem a pior defesa do Campeonato Brasileiro e é o mais derrotado

Que fase! Palmeiras tem a pior defesa do Campeonato Brasileiro e é o mais derrotado

A Sociedade Esportiva Palmeiras está em uma verdadeira crise no Campeonato Brasileiro deste ano. Com 39 gols sofridos em 25 partidas, o Verdão tem a pior defesa da competição. Tal desempenho ajuda a explicar o motivo pelo qual a equipe é a mais derrotada do campeonato: são 14 resultados negativos no total. O último deles ocorreu domingo, em Florianópolis, onde perdeu para o Figueirense, de virada, por 3 a 1, em menos de cinco minutos.

Com esses números, o Palmeiras oscila e não consegue engatar uma sequência positiva para fugir da zona de rebaixamento, principal objetivo da equipe no momento. A única vez em que obteve três vitórias seguidas foi no início do Brasileirão, quando bateu Goiás (2 a 0), Vitória (1 a 0) e Figueirense (1 a 0), em maio, no primeiro turno.

Repetir uma nova sequência como essa seria fundamental para o Verdão de Dorival Júnior fugir do Z-4. Mas o treinador também sofre com os desfalques e praticamente não tem a chance de repetir a equipe, justamente por conta das baixas. A mais sentida delas para enfrentar a Chapecoense, quinta-feira, às 19h30, no Pacaembu, é a de Valdivia, suspenso pelo STJD por conta da expulsão contra o Flamengo. O chileno foi condenado a dois jogos de gancho e terá de cumprir o segundo agora, mas o departamento jurídico promete recorrer da decisão, para tentar reduzir a pena a uma partida.

Além do Mago, Lúcio, Victorino, Tobio (voltou a treinar na última sexta), Wellington e Thiago Martins se recuperam de lesões e são dúvidas, enquanto Nathan, expulso diante do Figueirense, é baixa certa. Fernando Prass (em fase final de recuperação de cirurgia no cotovelo direito), Eguren (lesão muscular na coxa esquerda), Mazinho (luxação na clavícula), Wesley (lesão na coxa direita) e Leandro (dores abdominais) foram desfalques nas últimas rodadas. E Renato, com lesão na coxa esquerda, virou problema diante do Figueirense. Por outro lado, Juninho, que cumpriu suspensão com três amarelos, está de volta.

Na 17ª posição, com 25 pontos, o Palmeiras luta para fugir da zona de rebaixamento. A equipe tem um ponto a menos do que o Botafogo, 16º lugar e primeiro time fora do Z-4.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Globo Esporte