São Paulo bate o Vitória e mantém caça ao Cruzeiro no Campeonato Brasileiro

O time tricolor fez 2 a 1 para seguir pressionando o líder Cruzeiro e aumentar o desespero do time baiano no Brasileiro

O São Paulo continua sonhando com o título brasileiro. Após muita polêmica sobre a escalação ou não de titulares neste domingo por causa do desgaste após a Sul-Americana, a equipe paulista poupou alguns destaques, como Kaká e Alan Kardec, mas mesmo assim conseguiu difícil triunfo sobre o Vitória no Barradão pela 33ª rodada. Em duelo animado, o time tricolor fez 2 a 1 para seguir pressionando o líder Cruzeiro e aumentar o desespero do time baiano no Brasileiro.


Vice-líder, a equipe paulista ainda aguarda para saber a quantos pontos ficará do líder Cruzeiro, que tem 64 pontos. Atualmente a diferença é de dois, mas os cruzeirenses jogam nesta noite contra o Criciúma no Mineirão. Por outro lado, o time rubro-negro é a primeira equipe na zona de rebaixamento, com 34 pontos, a dois do primeiro clube fora, a Chapecoense.

Por causa da polêmica em relação aos duelos da Copa Sul-Americana, o São Paulo já volta a campo pelo Campeonato Brasileira nesta quarta-feira, quando encara o Inter às 22h (de Brasília) no Morumbi, em duelo adiantada por causa do conflito de datas. Já o Vitória tem mais tempo para se preparar para o próximo e decisivo jogo: visita a Chapecoense no próximo domingo, às 19h30, em confronto direto contra o rebaixamento.

A primeira etapa em Salvador foi agitada, apesar do calor baiano. A primeira chance foi dos donos da casa com Vinicius aos 8min, mas o São Paulo abriu o placar aos 12min: em cobrança de falta, Luís Fabiano apareceu sozinho quase na pequena área e cabeceou para o gol. A equipe paulista continuou dominando o confronto após abrir o placar, enquanto o Vitória só chegava em cabeceadas de Dinei.

Antes do intervalo, o duelo ainda teve duas grandes chances. Primeiro, o são-paulino Denilson arriscou de fora da área aos 36min e acertou a trave baiana. Aos 39min, veio a resposta do time rubro-negro: em escanteio, Richarlyson escorou e Edno, na pequena área, furou cabeceio, perdendo grande chance de empatar.

O segundo tempo começou com show de Rogério Ceni. Aos 9min, o goleiro evitou de forma absurdamente espetacular no mesmo lance dois gols dos donos da casa, em chutes à queima-roupa de Richarlyson e Juan. No lance seguinte, não teve jeito: o zagueiro Kadu arriscou de fora da área e acertou o ângulo do goleiro em um goaço sem chances para Ceni. A virada quase veio aos 13min, em bola na trave de Vinícius.

O São Paulo tentou sair mais para o jogo na sequência e viu Wilson espalmar dois chutes seguidos de fora da área, de Ganso e Denilson. Aos 25min, Vinicius teve chance clara ao sair na cara de Ceni, mas mandou por cima. Os são-paulinos, no entanto, voltaram a ficar na frente. Aos 32min, Roger Carvalho falhou e deu de graça para Luís Fabiano, que rolou para Kaká tocar para o fundo das redes na saída do goleiro e dar a vitória aos paulistas.



Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Terra