Suárez presta depoimento no TAS sobre mordida em Chiellini na Copa

Suárez presta depoimento no TAS sobre mordida em Chiellini na Copa

Teve início na manhã desta sexta-feira no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), em Lausane (ainda madrugada no Brasil), o julgamento do recurso de Luis Suárez referente à punição imposta pela mordida em Giorgio Chiellini durante a vitória do Uruguai sobre a Itália na Copa do Mundo, no Brasil.

O atacante uruguaio busca a redução da pena de nove jogos (e ainda o afastamento por quatro meses de qualquer atividade ligada ao futebol) determinada pela Fifa para poder estrear pelo Barcelona já no primeiro compromisso do time catalão na temporada. Luisito chegou ao tribunal na Suíça às 8h40 (3h40 pelo horário de Brasília) e foi recepcionado por alguns fãs.

Um deles, um menino de 10 anos e vestido com a camisa do Barcelona, erguia uma faixa de apoio ao novo atacante culé com os dizeres “Ânimo, Suárez. Queremos vê-lo jogar pelo Barça”. Secretário da Associação de Futebol Uruguaio (AUF) e advogado de Suárez, Alejandro Balbi mostrou confiança em um final feliz.

Mas adiantou que esperava uma demorada sessão pela frente. - Prevemos que será uma declaração longa. São muitas as questões a serem levantadas por parte de Luis, do Barcelona e da Fifa. Assim, creio que teremos uma longa jornada – frisou Balbi aos jornalistas no momento em que chegava ao TAS.

Fonte: Globo Esporte