Treinador do Coritiba acha pênaltis duvidoso e coloca a culpa no 'peso da camisa'

Depois, nos pênaltis, acabou perdendo por 3 a 2, dando adeus à competição.

O alvo da derrota do Coritiba contra o Flamengo foi o árbitro da partida desta quarta-feira (03), Wagner Reway. O técnico do Coxa, Marquinhos Santos não ponderou ao criticar o responsável pela partida já que o time foi derrotado em tempo normal por 3 a 0 e com dois pênaltis bastante duvidosos feitos pela arbitragem.

Depois, nos pênaltis, acabou perdendo por 3 a 2, dando adeus à competição. Enquanto no vestiário do Coritiba o clima era de desolação, o comandante buscava explicações para a derrota. Em campo, a equipe tinha boa vantagem após ganhar a partida de ida por 3 a 0, no Couto Pereira. O comandante afirmou que a equipe controlava o jogo até a marcação das penalidades, mas pecou ao desperdiçar chances de marcar, principalmente no primeiro tempo.

Com a eliminação, o Coxa volta a pensar apenas no Campeonato Brasileiro, onde amarga a zona de rebaixamento desde a quarta rodada. O comandante voltou a pedir o apoio da torcida alviverde para que a equipe reaja e deixe as últimas posições da tabela. "Volto a pedir para que o torcedor abrace essa equipe", disse.

- Chegamos com uma vantagem muito boa, um primeiro tempo controlado, em que o Flamengo não deu um chute a gol, e uma última bola um pênalti muito duvidoso. Estava um pouco longe, não tenho como afirmar se houve pênalti ou não. No segundo tempo outro pênalti mais duvidoso ainda, e do meu ponto de vista não foi. Mas não cabe a mim estar avaliando, isso cabe à diretoria e à presidência, porque o peso da camisa, enquanto fizer diferença no futebol brasileiro, vai estar acontecendo esse tipo de situação.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Globo Esporte