Tricolor fanático por Fred tatua número e nome do artilheiro nas costas

Muito além dos 90 minutos que consolidam uma idolatria, Edinho esperou por cinco horas até que a obra ficasse pronta.

O atacante Fred pode até vir a deixar as Laranjeiras, mas a paixão do tricolor Anderson Augusto Barbosa pelo jogador está assegurada pela eternidade. Instigado pelos amigos, Edinho, como é conhecido em Inhoaíba, Zona Oeste do Rio, resolveu tatuar o nome do ídolo e o número 9 em suas costas.

Muito além dos 90 minutos que consolidam uma idolatria, Edinho esperou por cinco horas até que a obra ficasse pronta.

Agora, o plano do jornaleiro é gravar as listras tricolores para compor definitivamente a camisa usada pelo atacante.

- Naquela época que começou um rumor sobre uma possível saída dele, nem me importei. Eu gosto do Fred como jogador e como pessoa - justificou.

Tamanha devoção tem sido correspondida, segundo Edinho. Desde 2009 no clube, Fred foi protagonista de dois títulos do Brasileiro e de um Carioca, além de ter participado da campanha épica que culminou com a fuga do rebaixamento no ano de sua estréia pelo clube.

- A tatuagem doeu muito, rapaz. Mas são grandes momentos desde que ele chegou ao Fluminense - disse.

Antes de finalizar a tatuagem, Barbosa diz que pretende conhecer pessoalmente o ídolo. E até que o branco, verde e grená cubram suas costas, ele faz um pedido para o capitão tricolor:

- Me dá uma camisa aí, Fred.

Fonte: Extra